RicardoOrlandini.net - Informa e faz pensar - Colunista - Homework and Socialism.

Últimas notícias

Colunistas

RSS
Homework and Socialism.

Roberto Henry Ebelt

14.12.2012

Homework and Socialism.

Nos agradáveis anos de minha infância havia algo que conseguia perturbar as férias de inverno da minha turma no colégio Farroupilha da Alberto Bins, onde hoje se encontra o Plaza São Rafael. Era o homework a ser feito durante o período "de férias". Como a folga (= the break, the winter vacation) era de cerca de um mês, os mestres nos davam uma boa quantidade de temas de casa para nos ocupar durante tal período. E não adiantava reclamar. O negócio era realmente sério e dava excelentes resultados para nós, alunos, pois os homeworks (eram diversas matérias) nos mantinham razoavelmente ocupados a ponto de não esquecermos o que recém havíamos aprendido. E, tanto quanto eu me lembro (= as far as I remember), essa prática era comum a muitos colégios. O Colégio Farroupilha não era o único estabelecimento de ensino que se preocupava em ocupar os seus alunos durante o mês de julho.

Pois não é que um comuna francês, uma peça chamada François Hollande, que não sei como se elegeu presidente da França, está propondo o fim do homework (homework = tema de casa) para os estudantes franceses?

Em discurso realizado na Sorbonne, o infeliz comunista ou socialista, ( they are brethern under the skin*) Hollande, deixou claro que deseja reformar o ensino médio e fundamental da França. Esse desprezível indivíduo deseja implantar, entre outras novidades, a diminuição da carga horária escolar (he must be crazy), o investimento em escolas com baixo rendimento (that is a good idea) e o fim da lição de casa (he must be out of his mind).

Esse camarada ainda tem a coragem de dizer que tal "reforma" tem como objetivo melhorar o ensino no país, que na última avaliação da The Economist Intelligence Unit, instituto de pesquisa filiado à revista The Economist, ficou em 25° lugar no mundo. Pelo jeito, o objetivo do François é fazer com o ensino na França atinja os níveis brasileiros.

O fim da lição de casa, sonho de todos os estudantes preguiçosos, é defendido por pais e alguns educadores, que afirmam que estudar em casa não produz efeitos positivos para os alunos e contribui para o estresse da garotada. Efeitos positivos só se forem para aqueles que não fazem o homework. Diz o camarada Hollande que é para diminuir a desigualdade entre alunos. Can you believe it?

Ele afirma que crianças cujos pais podem ajudá-las no processo de aprendizado ganham vantagem (injusta) sobre outras crianças. É admirável o senso de justiça da esquerda. Assim sendo, o infeliz quer nivelar o ensino na França por baixo. Confesso que isso não tira o meu sono, pois eles terão que se esforçar muito para atingir o nosso nível, mas eu imagino que logo algum esquerdista brasileiro vai propor o fim do homework nas escolas brasileiras. That is definetly something to worry about.

Tudo que nós, professores, queremos é não ter que gastar o precioso tempo de nossos alunos repetindo assuntos já estudados e que deveriam ter sido revisados em casa pelos alunos. Em um curso de inglês para brasileiros, os alunos que fazem o homework que lhes é atribuído, podem avançar em até o dobro da velocidade de um aluno desinteressado e que nunca estuda em casa.

Socialismo e suas besteiras: uma praga da qual dificilmente nós nos livraremos. Quando houver eleições, preste bem atenção ao nome do partido de seu candidato, pois quer você acredite ou não, você não vota em uma pessoa. Você vota nas idéias do partido ao qual o seu candidato está ligado.

The words SOCIALISM, SOCIALIST, COMMUNISM and COMMUNIST are the words that you have to look for. Socialists and communists are not interested in your development; they just want you to be as bad as your worst comrade. They want an equalitarian society of stupid people.

*They are brethren under the skin = são farinha do mesmo saco (literalmente: são irmãos sob a pele).

Have a nice weekend.


Tags: Roberto Henry Ebelt, ensino, inglês


Roberto Henry Ebelt é professor, escritor, escreveu uma coluna semanal para o Jornal do Comércio de Porto Alegre entre 2001 e 2013, e é diretor do curso HENRY'S BUSINESS ENGLISH desde 1971.

Seu mais recente livro, O QUE VOCÊ DEVE SABER ANTES DE ESTUDAR INGLÊS, pode ser encontrado nas livrarias Disal, Cultura e SBS ou à rua Hoffmann, 728 em Porto Alegre.

E-mail: roberto@henrys.com.br
Fone (51) 3222-3144
www.henrys.com.br
Página no Facebook: https://www.facebook.com/henrysbusinessnglish/?pnref=lhc




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 22.08

  • Dia da Nossa Senhora Rainha
  • Dia do Anjo Aladiah
  • Dia Internacional do Folclore