Últimas notícias

Colunistas

RSS
The other man's grass is always greener…

Roberto Henry Ebelt

29.03.2013

The other man's grass is always greener…

Num acesso de nostalgia, enquanto pensava sobre coisas que eu gostaria de ter tido, tive um insight e me lembrei da amada e talentosa cantora inglesa, ainda viva e com 80 anos, Petula Clark.
Seu primeiro sucesso que me ocorreu foi The other man's Grass is always greener, embora seu maior hit tenha sido, tanto quanto me lembro, a inesquecível Downtown.
A tradução literal do título deste texto é A grama do outro homem é sempre mais verde.
A tradução literária é A grama do vizinho sempre parece mais verde.

Vamos dar uma olhada na letra (lyrics) desta preciosidade:

Life is never what it seems
We're always searching in our dreams
To find that little castle in the air
When worry starts to cloud the mind,
It's hard to leave it all behind
And just pretend you haven't got a care

There's someone else in your imagination
You wish that you were standing in their shoes
You'd change your life without much hesitation
But would you if you really had to choose?

So, don't look around
Get your feet on the ground
It's much better by far
To be just who you are

The other man's grass is always greener
The sun shines brighter on the other side
The other man's grass is always greener
Some are lucky, some are not
But just be thankful for what you've got

Many times, it seems to me
There's someone else I'd rather be
Living in a world of make-believe
To stay in bed 'til nearly three
With nothing there to worry me
Would seem to be the life I might achieve

But deep inside, I know I'm really lucky
With happiness I've never known before
And just as long as you are there beside me
I know that I could ask for nothing more

Then living can start
With the love in your heart
So, with you all the time,
All the treasures I've longed for are mine

The other man's grass is always greener
The sun shines brighter on the other side
The other man's grass is always greener
Some are lucky, some are not
But I'm so thankful for what I've got
(repeat and fade out).

Para os amigos que ainda não se lembraram da melodia e para a garotada que não teve o privilégio de viver os anos sessenta e setenta, segue o link para ouvir esta música: http://www.youtube.com/watch?v=iA93sPlY6-8

E já que mencionei os anos sessenta e setenta, aproveito para deixar o meu humilde e sincero agradecimento às Forças Armadas Brasileiras por terem evitado que caíssemos nas garras do comunismo internacional sob a batuta de Jango no início de 1964. Eu vivi, com angústia, apesar de muito jovem, essa época de descalabro, e me lembro do alívio que a sociedade brasileira sentiu, nos primeiros dias de abril de 1964, quando nos livramos do governo cripto-comunista que nos ameaçava com a tirania soviética. O império do MAL se desfez junto com a queda do muro soviético de Berlim, a cortina de ferro desapareceu à custa de muita fome e sofrimento, e o comunismo desapareceu dos países civilizados. Porém não podemos esquecer que o preço da liberdade é a eterna vigilância, coisa que, infelizmente, não costumamos cultivar na América Latina, e em Cuba, especialmente.

HAPPY EASTER.


Tags: Roberto Henry Ebelt, ensino, inglês


Roberto Henry Ebelt é professor, escritor, escreveu uma coluna semanal para o Jornal do Comércio de Porto Alegre entre 2001 e 2013, e é diretor do curso HENRY'S BUSINESS ENGLISH desde 1971.

Seu mais recente livro, O QUE VOCÊ DEVE SABER ANTES DE ESTUDAR INGLÊS, pode ser encontrado nas livrarias Disal, Cultura e SBS ou à rua Hoffmann, 728 em Porto Alegre.

E-mail: roberto@henrys.com.br
Fone (51) 3222-3144
www.henrys.com.br
Página no Facebook: https://www.facebook.com/henrysbusinessnglish/?pnref=lhc




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 27.05

  • Dia da Mata Atlântica
  • Dia de Santo Agostinho de Cantuária
  • Dia do Profissional Liberal
  • Dia do Securitário
  • Dia do Serviço de Saúde do Exército
  • Dia Mundial da Esclerose Múltipla
  • Dia Mundial dos Meios de Comunicação