RicardoOrlandini.net - Informa e faz pensar - Colunista - Is life fair or not? That is an important question.

Últimas notícias

Colunistas

RSS
Is life fair or not? That is an important question.

Roberto Henry Ebelt

16.08.2013

Is life fair or not? That is an important question.

Comecemos lembrando-nos dos versos da primeira estrofe da Canção do Tamoio de Gonçalves Dias:

Não chores, meu filho;
Não chores, que a vida
É luta renhida:
Viver é lutar.
A vida é combate,
Que os fracos abate,
Que os fortes, os bravos,
Só pode exaltar.

Definitivamente, a menos que acreditemos que esta vida seja apenas um segmento de uma VIDA mais abrangente, temos que aceitar o fato de que não vivemos em um mundo justo. O próprio indivíduo que deu nome a era em que vivemos, Jesus Cristo, deixou bem claro que não habitamos um lugar em que a justiça reina. O ordenamento jurídico da maioria dos países, mesmo que excluamos o extremamente cruel mundo muçulmano, é um grande exemplo de que a justiça que dispomos deixa muito a desejar.

Gosto muito de citar as palavras de Jesus Cristo conforme nos relata o Evangelho de Mateus em seu capítulo 25:

For unto every one that hath shall be given, and he shall have abundance; but from him that hath not shall be taken away even that which he hath. And cast ye the unprofitable servant into outer darkness; there shall be weeping and gnashing of teeth.

(Este texto não está escrito em Modern English; isso é Middle English, que é o idioma de transição entre o Old English, essencialmente germânico e o Modern English, que tem todas as características de um idioma neolatino, porém mais simplificado que português, espanhol, francês, provençal, etc.).

Seu significado, conforme a tradução de João Ferreira de Almeida, é o seguinte:

Porque a qualquer um que tiver será dado, e terá em abundância; mas daquele que não tiver, até o que tem ser-lhe a tirado. Lançai, pois, o servo inútil nas trevas exteriores; ali haverá pranto (WEEPING) e ranger de dentes (GNASHING OF TEETH).

Teria Jesus Cristo realmente pregado o que lemos acima?

Apesar de eventuais erros de anotação, transcrição e de inúmeras traduções ocorridas entre o aramaico do primeiro século da Era Cristã (CE = Christian Era) e o Middle English usado na tradução patrocinada pelo King James I e posteriormente traduzida para o português por João Ferreira de Almeida, imagino que o Mestre realmente tenha dito isso, mas não tenha defendido tal ideia. Ele nada mais fez do que nos informar, sem floreios, como a vida realmente é, pois se não soubermos as regras do jogo, certamente obteremos maus resultados. Para que não joguemos o jogo da vida sem conhecer as suas regras, Ele nada mais fez do que nos ensiná-las. São cruéis as suas palavras? Sem dúvida, elas são. Porém pior do que isso seria viver na ilusão de que existe almoço ou passagem de ônibus grátis, conforme os aprendizes de terroristas tentam conseguir, mediante o uso de força, do prefeito Fortunati, ao depredar os prédios da prefeitura de Porto Alegre.

Sobre João Ferreira de Almeida:

João Ferreira Annes de Almeida (1628–1691) was a Portuguese Protestant pastor; the eponymous Bible translation he began also goes by his name.

Ferreira de Almeida, born in Várzea de Tavares, Portugal, is best known for his translation of the Bible into Portuguese, which he began at the age of 16, and continued translating until his death. He translated the New Testament completely and most books of the Old Testament (Hebrew Scripture). The translation was completed by his friend, Jacob op den Akker.

Ferreira de Almeida died in Batavia, Java.

Little is known about his life; the majority of facts come from the preface of his Bible translation.

Assim sendo, e eu acredito que seja, LIFE IS NOT FAIR, BUT WE HAVE BEEN WARNED.

Agora só falta o poder judiciário nos tirar da barbárie em que vivemos.

E os juízes de nossa terra nem precisam por na cadeia os josés , os dirceus, os genuínos, os franquilinos. Basta privá-los, como já havia sido feito durante a ditamole, de seus direitos políticos e do dinheiro que nos roubaram. Perder o "furto" de seu trabalho lhes doerá mais do que gozar suas eventuais penas em um regime prisional sempre aberto.

Have an excellent weekend and don't give up the good work.


Tags: Roberto Henry Ebelt, ensino, inglês


Roberto Henry Ebelt é professor, escritor, escreveu uma coluna semanal para o Jornal do Comércio de Porto Alegre entre 2001 e 2013, e é diretor do curso HENRY'S BUSINESS ENGLISH desde 1971.

Seu mais recente livro, O QUE VOCÊ DEVE SABER ANTES DE ESTUDAR INGLÊS, pode ser encontrado nas livrarias Disal, Cultura e SBS ou à rua Hoffmann, 728 em Porto Alegre.

E-mail: roberto@henrys.com.br
Fone (51) 3222-3144
www.henrys.com.br
Página no Facebook: https://www.facebook.com/henrysbusinessnglish/?pnref=lhc




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 20.08

  • Dia de São Bernardo
  • Dia do Anjo Cahethel
  • Dia do Maçom