RicardoOrlandini.net - Informa e faz pensar - Colunista - Inglês – continue aprendendo.

Últimas notícias

Colunistas

RSS
Inglês – continue aprendendo.

Roberto Henry Ebelt

18.10.2013

Inglês – continue aprendendo.

No fim da década de 70 assisti em São Paulo a uma feira de materiais didáticos e me lembro de como fiquei impressionado com um equipamento eletrônico (uma espécie de video-tape semi profissional) que prometia passar filmes em uma tela de televisão. Era um equipamento semiprofissional do tamanho aproximado de uma mala de viagens que parecia um gravador de som, de rolo, só que funcionava na posição horizontal. Na época o preço era superior a 5.000 dólares e quem quisesse comprar um equipamento daqueles teria que importá-lo diretamente do Japão.  Se não me engano era da Sony e usava uma fita magnética do tipo profissional. No início da década de 80 já estava à disposição, no mercado nacional, video cassette recorders, tanto do tipo VHS como Betamax, por um preço menor, mas bem acima de 1.000 dólares. Hoje, por um pouco mais de R$100,00, podemos comprar um DVD player. Pois justamente este aparelhinho é um dos maiores aliados de quem já consegue se comunicar razoavelmente em inglês e deseja continuar aprimorando os seus conhecimentos.

Como eu costumo dizer, learning a foreign language is a never ending taskaprender um idioma estrangeiro é uma tarefa sem fim, principalmente porque um idioma reflete uma cultura e se não estivermos, pelo menos um pouco, a par dessa cultura, é bem provável que o nosso desempenho no idioma que estamos aprendendo não passe do sofrível. Como inglês é um idioma universal, vale a pena aprender o máximo possível sobre a cultura dos povos que falam inglês.

Recentemente ganhei uma coleção de DVDs de um dos maiores sucessos dos primórdios das séries de sitcoms americanas. Na realidade, a série I LOVE LUCY com Lucille Ball e Desi Arnaz, produzida a partir de 1951, foi, além de um dos maiores sucessos, a pioneira no uso dos recursos de Hollywood (filmagem) de shows para a TV. A série é ambientada em New York, mas foi toda filmada em Hollywood, nos estúdios DESILU, propriedade de Lucille e Desi. Até hoje os episódios desta série, que foi produzida durante vários anos ainda são repetidos por alguma emissora, em algum horário, qualquer dia do ano, em algum país do mundo.

Na década de 90, em minhas viagens aos States, trouxe dezenas de fitas VCR deste seriado, mas, naquela época, o recurso do CC (Closed Captions) ainda não era muito difundido. Além disso, quando a fita que você comprava havia sido gravada com as legendas eletrônicas fechadas (CC), você precisava de um aparelho de TV (TV set) que tivesse capacidade de decodificar tais legendas. No fim da década de 80 e no início da década de 90 tais TV sets, no Brasil, eram ainda muito raros.  Numa viagem, descobri que os americanos colocaram a venda um aparelhinho externo, a ser utilizado entre o VCR e o TV set, o CC decoder, que fazia o trabalho de decodificação se o seu TV set não tivesse um built in decoder.

Esse decodificador de CC custava cerca de 100 dólares e evitava que você tivesse que comprar um novo aparelho de TV com CC para poder ler o que os personagens do programa de televisão estavam dizendo.

Originalmente o recurso CC foi feito para ajudar as pessoas com dificuldades de ouvir, mas tornou-se um excelente recurso para alunos de inglês (especialmente) que procuram melhorar o seu vocabulário e a sua pronúncia.

No fim dos anos 90, os decodificadores internos de CC passaram a ser oferecidos em praticamente todos os aparelhos novos de TV à venda no Brasil. Além disso, todos os DVD players também passaram a oferecer esse recurso (agora com o nome de sub-titles). Estes recursos se constituem em um dos maiores aliados de quem já fala inglês e quer continuar a melhorar o seu vocabulário.

Existe uma pequena diferença entre CC e sub-titles. O CC descreve na tela todos os sons (e até mesmo ações) que ocorrem no vídeo, e os sub-titles descrevem apenas o que é falado. Para que quer melhorar o seu inglês, o CC é a melhor opção devido à riqueza do vocabulário usado na descrição do que ocorre na tela. Quando o CC não estiver disponível em seu aparelho de TV, tente usar o computador.

Além disso, assistir um filme no computador acrescenta mais seriedade à tal atividade, e você pode mais facilmente anotar as novidades. Revendo um dos episódios de I LOVE LUCY, acabo de aprender que mãe coruja é doting mother, e que um artista sem talento (canastrão) é denominado HAM (que todo mundo sabe que é presunto, no dia a dia).

Outro seriado de excelente qualidade para aprender expressões (mais modernas) é o SEINFELD. Por ter sido realizado bem mais recentemente (década de 90) seu valor é ainda maior para quem quer aumentar o vocabulário e melhorar a sua capacidade de entender inglês falado. O melhor de tudo é que você se diverte além de aprender expressões que, de outra maneira, só aprenderia se vivesse nos EUA.

Sobre o show I LOVE LUCY:

I Love Lucy is an American television sitcom starring Lucille BallDesi ArnazVivian Vance, and William Frawley. The black-and-white series originally ran from October 15, 1951, to May 6, 1957, on the Columbia Broadcasting System (CBS). After the series ended in 1957, however, a modified version continued for three more seasons with 13 one-hour specials, running from 1957 to 1960, known first as The Lucille Ball-Desi Arnaz Show and later in reruns as The Lucy–Desi Comedy Hour.


Cast members from left, standing: William Frawley, Desi Arnaz.

Seated: Vivian Vance and Lucille Ball.

I Love Lucy was the most watched show in the United States in four of its six seasons, and was the first to end its run at the top of the Nielsen ratings (an accomplishment later matched by The Andy Griffith Show and Seinfeld). I Love Lucy is still syndicated* in dozens of languages across the world.

Interesting detail: Last Tuesday (October 15th) I LOVE LUCY celebrated its 62nd anniversary. Its first edition was aired (broadcasted) on the 15th of October 1951.

The show was the first scripted television program to be shot on 35 mm film in front of a studio audience, and won five Emmy Awards and received numerous nominations. In 2002, it ranked second on TV Guide's list of television's greatest shows, behind Seinfeld and ahead of The Honeymooners.[1] In 2007, it was listed as one of Time magazine's "100 Best TV Shows of All-TIME". I Love Lucy remains popular, with an American audience of 40 million each year.

*SYNDICATION: In broadcastingsyndication is the sale of the right to broadcast radio shows and television shows by multiple radio stations and television stations, without going through a broadcast network, though the process of syndication may conjure up structures like those of a network itself, by its very nature. It is common in countries where broadcast programming is scheduled by television networks with local independent affiliates, particularly in the United States. In the rest of the world, however, most countries have centralized networks and/or TV stations without local affiliates and syndication is less common, although shows can also be syndicated internationally. In the film industryfilm distribution is handled by film distributors.

Top 10 I Love Lucy episodes - YouTube

If you have any questions regarding English, send me an e-mail.

Have an excellent weekend


Tags: Roberto Henry Ebelt, ensino, inglês


Roberto Henry Ebelt é professor, escritor, escreveu uma coluna semanal para o Jornal do Comércio de Porto Alegre entre 2001 e 2013, e é diretor do curso HENRY'S BUSINESS ENGLISH desde 1971.

Seu mais recente livro, O QUE VOCÊ DEVE SABER ANTES DE ESTUDAR INGLÊS, pode ser encontrado nas livrarias Disal, Cultura e SBS ou à rua Hoffmann, 728 em Porto Alegre.

E-mail: roberto@henrys.com.br
Fone (51) 3222-3144
www.henrys.com.br
Página no Facebook: https://www.facebook.com/henrysbusinessnglish/?pnref=lhc




Opinião do internauta

  • carlos mello (25.10.2013 | 13.44)
    Há há há. Henry. A gurizada nem sabe que um dia a humanidade existiu sem Celulares, Ipods, Computadores, Internet, etc. Estes aparelhos que citastes são exclusividade da velha guarda. Atualmente praticamente só existe a Internet, lá tem tudo de bom e de ruim, mas está tudo lá. Uma ótima e agradabilíssima forma de aprender inglês é escutando músicas.
  • Resposta do Colunista:
Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 20.08

  • Dia de São Bernardo
  • Dia do Anjo Cahethel
  • Dia do Maçom