Últimas notícias

Colunistas

RSS
Sweet Sue, just you.

Roberto Henry Ebelt

17.01.2014

Sweet Sue, just you.

Nem só de pão viverá o homem – Man shall not live by bread alone – disse o Mestre há dois mil anos, conforme está narrado em Mateus 4: 4. Como vivemos em Porto Alegre um agradável clima de férias devido ao deslocamento de boa parte da população para uma estressante temporada de irritações no "belíssimo" litoral gaúcho, vamos, em vez de saborear o pão nosso de cada dia (our daily bread ou o inglês nosso de cada semana) comentar sobre essa bela canção, SWEET SUE, JUST YOU, composta em 1908 e que até hoje encanta muita gente, nos lugares em que ela é conhecida, provavelmente por sua extrema simplicidade. Uma interpretação very cool é a do C2C Jazz Band (Coast to Coast Jazz Band) que foi gravada em um cruzeiro marítimo, sem nenhum suporte técnico, mas que ficou muito boa.

O link é http://www.youtube.com/results?search_query=sweet+sue+just+you+c2c+jazz&sm=1

A interpretação dura aproximadamente seis minutos; aos 1'45" existe um vocal cuja letra segue abaixo:

SWEET SUE

Every little star above knows the one I love / Sweet Sue, just you

And the moon up high knows the reason why / Sweet Sue, it's you

No one else, it seems, ever shares my dreams / And without you, dear, I don't know what I'd do

In this heart of mine you live all the time / Sweet Sue, just you.

 (Every star above knows the one I love) / It's you, sweet Sue.

 (And the moon up high knows the reason why) / It's you, sweet Sue

Nobody else, it seems, ever shares my dreams / And without you, dear, I don't know what I'd do

In this heart of mine you live all the time / Sweet Sue, just you, just you, just you.

Songwriters: WILL HARRIS (Lyrics) & VICTOR YOUNG (Music). 1928.

Parece que a moda dos flashmobs* do hemisfério norte, ao som de músicas senão eruditas, muito bonitas, chegou totalmente destorcida ao Brasil, sob o título de "rolezinho". Nesses "encontros" os participantes, entre outras atividades, "cantam" uma coisa denominada FUNK (cujo significado original é pânico, situação amedrontadora, confusão, agitação, situação em que impera o nervosismo), além de praticar "pequenos" furtos e roubos. Para contrastar, deliciem-se, então, com a beleza simples de SWEET SUE que já encanta os seus ouvintes há mais de 100 anos.

*FLASHMOB: A flash mob (or flashmob) is a group of people who assemble suddenly in a public place, perform an unusual and seemingly pointless act for a brief time, and then disperse, often for the purposes of entertainment, satire, and artistic expression. Flash mobs are organized via telecommunications, social media, or viral emails. (Babylon).

As usual, if you have any doubts regarding English, just send me an email and I will do my best to answer your questions. Right now I am writing a weekly newsletter (very, very short) dealing with a specific topic of the English language and/or grammar. If you would like to receive it, just let me know. It will be a pleasure to send it to you, too.

I hope you have enjoyed the song, and wish you an excellent weekend.


Tags: Roberto Henry Ebelt, ensino, inglês


Roberto Henry Ebelt é professor, escritor, escreveu uma coluna semanal para o Jornal do Comércio de Porto Alegre entre 2001 e 2013, e é diretor do curso HENRY'S BUSINESS ENGLISH desde 1971.

Seu mais recente livro, O QUE VOCÊ DEVE SABER ANTES DE ESTUDAR INGLÊS, pode ser encontrado nas livrarias Disal, Cultura e SBS ou à rua Hoffmann, 728 em Porto Alegre.

E-mail: roberto@henrys.com.br
Fone (51) 3222-3144
www.henrys.com.br
Página no Facebook: https://www.facebook.com/henrysbusinessnglish/?pnref=lhc




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 25.02

  • Criação do Ministério das Comunicações (1967)
  • Criação do Ministério do Interior (1889)
  • Criação do Ministério dos Transportes (1967)
  • Dia de Santa Valburga
  • Dia de São Cesário
  • Dia de São Tarásio