RicardoOrlandini.net - Informa e faz pensar - Colunista - Como usar o telefone em inglês se você ainda não é fluente. PARTE 02.

Últimas notícias

Colunistas

RSS
Como usar o telefone em inglês se você ainda não é fluente. PARTE 02.

Roberto Henry Ebelt

12.12.2014

Como usar o telefone em inglês se você ainda não é fluente. PARTE 02.

Se você ainda não leu a parte 01 (publicada dia 05.12.2014) leia-a antes de ler a parte 02.

Assim que você estiver falando com a pessoa correta, diga o que você deseja.

“I hope I’m not disturbing you. Have you got a minute to talk?”

(Espero não estar incomodando. Podemos falar um minuto?) ou

“Sorry to bother you, but I have a rather urgent question about the new process.”

(Lamento incomodá-la, mas eu tenho uma dúvida urgente sobre [o novo processo].)

 “I’d like to discuss (the delivery date of the new system) with you.”

(Eu gostaria de discutir (a data de entrega do novo sistema) com você.)

 “I was wondering if we could discuss [a couple of points in the agreement].”

(Podemos conversar sobre [alguns pontos do contrato]?)

“The reason I’m calling is this:

(Estou ligando para:) …”

(Ela):

“Yes, no problem! Now is fine/good/perfect. (Sim, sem problemas. Agora é um bom momento/está ótimo.)
“How can I help you?” (Como posso ajudá-lo?)

“What’s up?” (O que houve?)

“What can I do for you?” (O que posso fazer por você?)

“Actually, I’m in a meeting at the moment. Can I get back to you in ten minutes?” (Na verdade, estou em uma reunião, agora. Posso ligar daqui a dez minutos?)

“I’m busy right now - could I call you in about half an hour?” (Não posso falar agora posso ligar daqui a meia hora?)

Se você quiser marcar uma reunião
(Você):

“I was wondering if we could arrange a time to meet.” (Eu gostaria de saber se podemos marcar um horário para nos encontrarmos.)

“When would be good for you?” (Quando seria melhor para você?) “What time would suit you?” (Que horário seria melhor para você?)

“How about Monday the 21st, at two-thirty?” (Que tal segunda-feira, dia 21, às 14:30?)

“Do you have any time on Friday?” (Você tem algum horário na sexta?)

“Could you do Tuesday at nine?” (Pode ser terça-feira, às 9?)

(Ela): “Yes, that would be great.” (Sim, tudo bem para mim)

“No, sorry, I’m busy then. But ten-thirty would be good.” (Nesse horário, não vou poder, mas 10:30 estaria ótimo.)

Como terminar a ligação

(Você):

“Good, well I look forward to seeing/meeting you on Thursday!” (Certo, nos falamos/encontramos na Quinta!)

“Well, it was great talking to you, and we’ll be in touch!” (Foi ótimo conversar com você, manteremos contato!)

“Great, thanks very much for the information. Bye!” (Ótimo, muito obrigado pelas informações. Bye!) (“Bye” é uma corruptela de “goodbye”, "adeus".)

Lembre-se: o seu inglês será sempre melhor que o espanhol ou português deles, e eles ficarão contentes por você estar tentando falar no idioma deles. Entretanto, os falantes nativos de inglês às vezes se esquecem de que você não é um falante nativo e falam muito rápido. Para pedir a eles falarem mais devagar, tente o seguinte:

1. Diga, “I’m sorry, could you possibly speak slower? I’m having trouble understanding you.” (Desculpe, mas você poderia falar mais devagar? Não estou conseguindo te entender.)

2. Repita cada trecho conforme a pessoa falar, por exemplo, “OK, the 19th at four o’clock,” (Ok, dia 19, às 4 horas.) ou

“How do you spell that, please?” (Como soletra isso?) ou

“Hang on, let me just get a pen and write that down.” (Só um instante, vou pegar uma caneta para anotar.)

3. Se você não entender, não tenha medo de pedir para a pessoa repetir, por exemplo:

“Sorry, could you please repeat that?” (Desculpe, poderia repetir?) ou

“Sorry, I didn’t quite catch that,” (Desculpe, eu não entendi) ou

“Sorry, could you say that last bit again?” (Desculpe, poderia repetir a última parte?"

Por último, uma questão gramatical
Use “At” para horários. “See you at four o’clock.” (Vejo você às quatro horas.)
Use “On” para dias. “See you on Wednesday.” (Vejo você na quarta-feira.)
Use “In” para meses/estações/anos/cidades: “We can deliver the items in February/in the spring/in 2011/in São Paulo.”(Podemos entregar o pedido em fevereiro/na primavera/em 2011/em São Paulo.)

O melhor mesmo é não ter que apelar para essas fórmulas fixas, pois se o seu interlocutor mudar uma frase, todo o seu esforço poderá ter sido em vão.

Dúvidas? Mande-me um e-mail.


Tags: Roberto Henry Ebelt, inglês, artigo, coluna, PontoNET


Roberto Henry Ebelt é professor, escritor, escreveu uma coluna semanal para o Jornal do Comércio de Porto Alegre entre 2001 e 2013, e é diretor do curso HENRY'S BUSINESS ENGLISH desde 1971.

Seu mais recente livro, O QUE VOCÊ DEVE SABER ANTES DE ESTUDAR INGLÊS, pode ser encontrado nas livrarias Disal, Cultura e SBS ou à rua Hoffmann, 728 em Porto Alegre.

E-mail: roberto@henrys.com.br
Fone (51) 3222-3144
www.henrys.com.br
Página no Facebook: https://www.facebook.com/henrysbusinessnglish/?pnref=lhc




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 22.08

  • Dia da Nossa Senhora Rainha
  • Dia do Anjo Aladiah
  • Dia Internacional do Folclore