Últimas notícias

Colunistas

RSS
SUBJUNTIVO 02.

Roberto Henry Ebelt

15.05.2015

SUBJUNTIVO 02.

No último artigo, mencionei a pouca importância que se dá ao modo subjuntivo (subjunctive mood) em inglês. Para iniciar, é interessante lembrar que modo verbal (verbal mood) não tem nada a ver com tempo verbal (verbal tense). O modo indicativo está conectado a ideias de realidade, enquanto o subjuntivo descreve situações de dúvida, hipotéticas ou irreais.

Em inglês, a grafia do presente do subjuntivo é muito parecida com grafia do presente do indicativo e do infinitivo e, frequentemente, é idêntica. Devido a este detalhe, parece que estamos sempre usando o indicativo. Veja este exemplo:

  • Desejo que você fique aqui.

I wish that you stay here. – O verbo STAY está no subjuntivo, mas nem notamos esse detalhe, pois as formas do indicativo e subjuntivo são iguais.

  • Desejo que ela fique aqui.

I wish that she stay here (aqui o subjuntivo aparece claramente, pois a terceira pessoa do singular do presente do indicativo sempre termina em S e aqui o verbo STAY ocorre sem S). No dia a dia, porém, o uso do subjuntivo é deixado de lado, e é comum ler o ouvir, mesmo em inglês formal, a forma I WISH THAT SHE STAYS HERE.

Importante lembrar que o verbo TO BE tem formas conjugadas, no present e no past tense, bem diferentes do infinitive, portanto o SUBJUNTIVO deste verbo, em inglês formal, terá formas diferenciadas. Veja:

  • Ela exige que tu estejas lá às 12 horas em ponto.

She demands that you BE there at 12 o'clock noon sharp.

  • Ele exigiu que eu estivesse aqui às 10 horas da manhã em ponto.

He demanded that I WERE here at 10 o'clock AM sharp.

No passado, nem o pequeno detalhe da terceira pessoa do singular vir acompanhada de S ocorre. Apenas o verbo TO BE apresenta uma pequena diferença em suas conjugações, no past tense. Veja:

Indicative:                                         Subjunctive:

I was                                                    (if) I were

You were                                           (if) you were

He was                                                                (if) he were

We were                                            (if) we were

You were                                           (if) you were

They were                                         (if) they were.

Exemplo:            Se ele estivesse aqui agora, poderíamos resolver este problema imediatamente.

                               If he were here now, we could solve this problem immediately;

                Se eu fosse você, eu não faria isso.

                If I were you, I wouldn't do that.

Aproveite para memorizar as formas corretas com as quais você entra em contato e, aos poucos, o subjuntivo não lhe causará mais problemas.


Tags: Roberto Henry Ebelt, inglês, artigo, coluna


Roberto Henry Ebelt é professor, escritor, escreveu uma coluna semanal para o Jornal do Comércio de Porto Alegre entre 2001 e 2013, e é diretor do curso HENRY'S BUSINESS ENGLISH desde 1971.

Seu mais recente livro, O QUE VOCÊ DEVE SABER ANTES DE ESTUDAR INGLÊS, pode ser encontrado nas livrarias Disal, Cultura e SBS ou à rua Hoffmann, 728 em Porto Alegre.

E-mail: roberto@henrys.com.br
Fone (51) 3222-3144
www.henrys.com.br
Página no Facebook: https://www.facebook.com/henrysbusinessnglish/?pnref=lhc




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 24.02

  • Dia da conquista do Voto feminino no Brasil
  • Dia de São Sérgio
  • Promulgação da 1ª Constituição Republicana (1891)