Últimas notícias

Colunistas

RSS
EFEITO ESTUFA em inglês é GREENHOUSE EFFECT.

Roberto Henry Ebelt

20.05.2016

EFEITO ESTUFA em inglês é GREENHOUSE EFFECT.

Estufas de aquecimento residencial, alimentadas a eletricidade ou a gás e que em inglês são chamadas de HEATERS não tem nada a ver com a expressão em questão.

A estufa nesse caso se refere ao compartimento de uma casa, geralmente ao ar livre, que é quase que totalmente de vidro, exceto por suas vigas de sustentação do teto e das paredes. O telhado, a parede e, às vezes, até a porta é de vidro, o que permite que em invernos rigorosos se cultive plantas e flores que não resistiriam ao frio e a neve. GREENHOUSES absorvem toda a radiação solar possível e ficam aquecidas. Elas não permitem que o ar aquecido (que tende a subir como efeito da transmissão de calor por convecção), saia deste ambiente controlado. Este tipo de estufa em inglês é chamado, adequadamente, de GREENHOUSE, cuja tradução literal é CASA VERDE ou VERDE CASA, na ordem correta.

A estufa da qual estamos falando também é denominada de GLASSHOUSE, na Inglaterra. Lembro que na aristocrática Pelotas da primeira metade do século 20, tal ambiente era chamado de JARDIM DE INVERNO.

Detalhe regional: o substantivo GLASSHOUSE, nos EUA, descreve uma fábrica de objetos de vidro.

Ainda no assunto GREENHOUSE EFFECT temos o AQUECIMENTO GLOBAL, que é GLOBAL WARMING. Existem quatro adjetivos ligados ao assunto temperatura: COLD, COOL, WARM & HOT. Todo o mundo sabe os significados desses adjetivos, frio, fresco, morno e quente, respectivamente, mas nem sempre o fato de saber a tradução de uma palavra nos capacita a usá-la corretamente.

Exemplos: dizer que o “cafezinho está morno” transmite uma ideia negativa em português, porém em inglês dizer “the coffee is warm” transmite uma ideia positiva, ou seja, o café está na temperatura correta para ser bebido. Já a frase “the coffee is hot” indica que devemos ter cuidado para não nos queimarmos.

O verbo aquecer (à temperaturas mais elevadas, tais como àquelas adequadas a uma comida a ser ingerida ou ainda mais elevada, como a temperatura adequada para sorver um chimarrão) é TO HEAT. Porém aquecer alguns poucos graus ou décimos de grau deve ser descrito com o verbo TO WARM. Portanto aquecimento global é GLOBAL WARMING, visto que este aquecimento só é notado por termômetros extremamente sensíveis dentro de parâmetros que fogem ao nosso entendimento como leigos.

COOL tem uma conotação positiva e pode ser traduzido como “legal”, “bacana” ou equivalentes. Já o adjetivo FRESCO, às vezes, tem uma conotação positiva, quando usamos para descrever alimentos recém preparados e frutas recém colhidas e, em outras situações, tem uma conotação negativa, referindo-se a comportamentos afetados e exagerados.

Conclusão: estudar um idioma vai além de memorizar palavras e suas traduções. Felizmente, a nossa melhor e mais fácil opção é estudar inglês, o idioma mais fácil para um Brazilian native speaker aprender.

Antes de iniciar um curso de inglês certifique-se de ler as minhas dicas sobre o assunto no livro O QUE VOCÊ DEVE SABE ANTES DE ESTUDAR INGLÊS.

Have an excellent weekend.


Tags: Roberto Henry Ebelt, inglês, artigo, coluna, Ebelt


Roberto Henry Ebelt é professor, escritor, escreveu uma coluna semanal para o Jornal do Comércio de Porto Alegre entre 2001 e 2013, e é diretor do curso HENRY'S BUSINESS ENGLISH desde 1971.

Seu mais recente livro, O QUE VOCÊ DEVE SABER ANTES DE ESTUDAR INGLÊS, pode ser encontrado nas livrarias Disal, Cultura e SBS ou à rua Hoffmann, 728 em Porto Alegre.

E-mail: roberto@henrys.com.br
Fone (51) 3222-3144
www.henrys.com.br
Página no Facebook: https://www.facebook.com/henrysbusinessnglish/?pnref=lhc




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 22.10

  • Dia da Praça
  • Dia de São João Paulo II
  • Dia de São Martinho de Dume
  • Dia do Anjo Haiaiel
  • Dia do Pára-quedista
  • Dia Internacional do Radioamador
  • Dia Nacional do Enólogo