RicardoOrlandini.net - Informa e faz pensar - Colunista - Amar é ... vacinar seu animal!

Últimas notícias

Colunistas

RSS
Amar é ... vacinar seu animal!

Vininha F. Carvalho

03.08.2015

Amar é ... vacinar seu animal!

Agosto é o mês do cachorro louco. É dessa forma que muitas pessoas são alertadas sobre o perigo que a raiva representa para a saúde da população.

Realmente, embora o contágio possa acontecer durante todo o ano, é neste período que ocorre uma grande concentração de cadelas no cio em decorrência de condições climáticas, onde o aumento de luminosidade nesta época do ano, ativa sexualmente todos os mamíferos.

Em função disso há uma maior aproximação e promiscuidade entre os animais propiciando a transmissão do vírus. A infecção ocorre por ferimento provocado por mordedura de um animal contaminado e ataca o cérebro, levando à morte. O maior transmissor da Raiva entre os animais, no Brasil, é o morcego. Os cães e gatos são os principais transmissores para os seres humanos.

O animal tem direito a proteção, a prevenção de doenças e a cura, por isso é preciso vaciná-lo contra a raiva, pois esta doença, infelizmente não tem cura.

Não substituindo o conselho de um veterinário, alerto que é prudente observar se o animal apresenta boa saúde, sem sinais de febre, vômitos, diarreia, inapetência, apatia, verminose, etc..., antes de se aplicar a vacina, porque somente assim estará garantindo a imunização.

Não devem ser vacinadas fêmeas no período do cio, prenhes (gestante), amamentando e nem filhotes que não tenham completado 4 meses.

O uso de seringas descartáveis se faz necessário, para que seja evitada a disseminação, caso algum animal esteja portando agentes das moléstias infecciosas.

A raiva infecta mamíferos, particularmente os cães, gatos, morcegos, bovinos, equinos, suínos e outras espécies silvestres.

Por isso é considerada uma das mais graves zoonoses, ou seja, doença transmissível dos animais para os homens.

A principal via de ingresso do vírus da raiva é pela pele, através da mordida de animais raivosos, ou portadores que estejam eliminando o vírus com a saliva.

Procure orientação veterinária, em caso de dúvida e, lembre-se que amar um animal é muito mais do que simplesmente alimentá-lo.

Cuidando bem da saúde vocês terão muitos anos juntos cheios de alegria.

AMAR É... VACINAR SEU ANIMAL.


Tags: Vininha, animais, Animalivre, pet, meio ambiente


Vininha F. Carvalho é jornalista, ambientalista e engajada na causa dos animais. Graduada em administração de empresas e economia, é especializada em temas que envolvem questões na área ambiental, principalmente relativas a animais, para veículos da mídia impressa e eletrônica. Atuante em entidades e projetos com enfoque social.
Presidente da Fundação Animal Livre.
e-mail: vininha@uol.com.br
Home page: www.animalivre.com.br





Opinião do internauta

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 18.08

  • Dia de Santa Helena
  • Dia do Anjo Lelahel
  • Dia do Estagiário