Últimas notícias

Colunistas

RSS
Fim do mundo esta próximo

Carlos Mello

09.05.2012

Fim do mundo esta próximo

Há séculos que existe uma profusão de profetas, religiosos e outros tipos de visionários que não se cansam de apregoar o fim dos tempos. E o que é pior: Sempre existe uma multidão de ignorantes acreditando.

Na internet a frase “fim do mundo em 2012” tem mais de 180.000 referências.

Há milhares de anos que são feitas estas previsões e devido a um misterioso ataque de amnésia coletivo, nunca é lembrado que 100% delas não ocorrem. E ainda assim mais previsões se multiplicam.

São milhares de previsões, segue algumas das mais hilariantes, obviamente nunca cumpridas:

30/30 – O Novo Testamento dizia que Jesus Cristo previra voltaria durante a vida das pessoas que o escutavam (Mateus 16:28 e 24:34). Como a expectativa de vida na época era de pouco mais de 30 anos, Jesus teria predito sua segunda vinda ainda no século 1.

500 - Hipólito de Roma e o acadêmico cristão Sextus Julius Africanus (século 2) profetizaram o fim dos tempos para aquele ano.

O pânico do fim do mundo sempre acompanha as datas cheias, como o ano 1000 e 2000.

1º de Janeiro de 1000 - Na Europa, muitos cristãos profetizaram o fim do mundo nessa data e, quando mais próximo dela, exércitos cristãos entraram em guerra contra alguns dos países pagãos do norte da Europa, para convertê-los ao cristianismo à força antes que Cristo retornasse. Interessante é que muitos cristãos doaram suas posses à Igreja, não lembraram o que a Santa Madre Igreja iria fazer com as doações, já que o mundo terminaria.

1284 - O Papa Inocêncio III (1198-1216) chegou a essa data como o fim do mundo somando 666 anos à data de fundação do Islã.

1891 - Segundo profecia feita por Joseph Smith, fundador da Igreja Mórmon, em fevereiro de 1835, Jesus iria retornar dentro de 56 anos, ou seja, em fevereiro de 1891.

1948 – Quando da fundação do Estado de Israel, alguns cristãos acreditaram que esse acontecimento era o requisito que faltava para a volta de Jesus.

1981 - O reverendo Moon, da Igreja da Unificação, previu que o Reino dos Céus seria estabelecido nesse ano.

1982 - O físico e escritor John Gribbin e o astrônomo Stephen Plagemann publicaram o livro Efeito Júpiter, em 1974. Com isto previam um alinhamento planetário para 1982 que iria provocar várias catástrofes, inclusive na falha de San Andréas, na Califórnia. O alinhamento realmente ocorreu, mas nada aconteceu.

2011 - O pastor americano Harold Camping, conforme seus apurados cálculos dos dados disponíveis na Bíblia, previu o fim do mundo e o arrebatamento dos tementes a Deus para as 20h do dia 21 de maio de 2011. Como não ocorreu, ele deu uma corrigida e previu para 21 de outubro de 2011. Atualmente ele está muito deprimido por ter errado.

2012 – Diversos grupos esotéricos, ajudados até por filmes hollywoodianos, estão prevendo o fim do mundo para 21 de dezembro de 2012.
Esta previsão é baseada no calendário Maia, uma cultura que desapareceu após a chegada dos espanhóis nas Américas, ocorrida no século XVI.

Este povo tinha como sua melhor tecnologia, a de arrancar o coração de jovens virgens vivas para oferecer ao seu Deus.

Os religiosos cristãos alimentam a credulidade de seus rebanhos com o sempre profetizado regresso de seu Deus com um vago “seu retorno é iminente”. E isto já faz 2.000 anos.

Mas quem sabe agora em dezembro seja a data verdadeira do Armagedom ? Afinal um dia eles podem acertar.


Tags: Carlos Mello, artigo


Carlos Mello é formado em Economia pela UFRGS, trabalha com Avaliações Financeiras e Cálculos Periciais. Reside em Porto Alegre.

Email: carlosmello@ufrgs.br
Telefone: (51) 99113-2232




Opinião do internauta

  • Alberto Muller (10.05.2012 | 14.15)
    Os Maias previram o fim do mundo e não previram a chegada dos espanhóis. Logo não eram bons previsores.
  • Resposta do Colunista:

    Alberto, este meu texto é bem simplificado devido ao pouco espaço que ocupei, senão vira aula de história. Mas os Maias, junto com os Astecas e os Incas eram povos guerreiros que habitavam desde o México até sul da America, eram povos sanguinários, pois o que mais faziam eram sacrifícios humanos, para ter uma idéia da ignorância: Os Maias acreditavam que quanto mais chorava uma criança ao ser sacrificada mais chuva o Deus deles traria.
    Na verdade não previram nada. Previsão é o mesmo que adivinhar, não existe qualquer base cientifica para previsões, são tudo charlatanismo.
    Em resumo: Eram povos guerreiros que perderam a guerra para outro povo guerreiro, os Espanhóis.

    Obrigado.

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 20.05

  • Dia da Ascensão do Senhor
  • Dia da Congregação Mariana
  • Dia de Mjollnir, o martelo mágico de Thor, o deus dos trovões (Mitologia Nórdica)
  • Dia de São Bernardino de Sena
  • Dia do Comissário de Menores
  • Dia do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
  • Dia Nacional do Medicamento Genérico