Últimas notícias

Colunistas

RSS
2ª Guerra Mundial – Detalhes esquecidos.

Carlos Mello

15.08.2012

2ª Guerra Mundial – Detalhes esquecidos.

Sempre que a detonação da bomba atômica em Hiroshima faz aniversário, junto com as fotos de japoneses chorosos relembrado a data, aparece uma inversão histórica mostrando este ataque como uma atitude feita pelos malvados capitalistas americanos ao injustiçado povo japonês.

Não custa esclarecer que não existem santidades sacrificadas como muitos mal informados antiamericanos gostam de falar.

Houve vítimas inocentes, como toda guerra, mas o povo japonês em geral não tinha nada de ingênuo, apoiavam os militares e aquela ridícula dinastia imperial, que nunca esconderam seus planos expansionistas.

Se for perguntado quando foi o inicio da 2ª guerra mundial, a quase totalidade das pessoas, bem informadas, respondem que foi em 01 de Setembro de 1939 com a invasão da Polônia pela Alemanha. Eu mesmo aprendi assim e consta em quase todos os livros. Não sou historiador mas discordo desta data.

Entendo que tudo começou anos antes, quando este povo que sempre se vangloriou de ser guerreiro, que tem sua história recheada de espadas, sangue, mortes, cultuadores de guerras e que vivem se vangloriando de seus samurais criminosos, resolveu roubar dos outros o que lhes faltava. Com essa pretensão foram os reais iniciantes da 2ª guerra mundial quando em 1932 invadiram a Manchúria, uma província chinesa rica em carvão e minérios.

Simples assim, não tinham em casa foram assaltar o vizinho.

Então para os chineses a guerra começou em 1932.

O Japão queria compensar o seu super povoado, com poucos recursos naturais e pequeno território conquistando e saqueando outros países na Ásia e várias ilhas no Oceano Pacífico. Isto em pleno século 20 quando todos os Países já estavam consolidados.

Também com a mesma intenção invadiram a Indochina, Indonésia, Malásia, Filipinas e Birmânia, onde em todos estes lugares submeteram as populações à extrema barbárie. Procurem o significado de “mulheres de consolo”.

Em 1937 o Japão intensificou esta agressão à China, invadindo e saqueando as cidades chinesas de Xangai e Nanquim, onde demonstraram serem extremamente covardes e cruéis para com os seres humanos, estes acontecimentos são conhecidos como O Massacre de Nanquim ou O Estupro de Nanquim. Confiram no Google ou no endereço http://pt.wikipedia.org/wiki/Massacre_de_Nanquim

Como eles viram que várias regiões da Ásia e do Pacífico eram, erradamente, colônias de países europeus. Por exemplo, a Indochina (atual Vietnã) era francesa, a Indonésia era holandesa e Cingapura era inglesa. O Japão aproveitou que estas potencias estavam envolvidas com a Alemanha e entendeu que era hora de seguir o mesmo erro se promovendo como novo dono destes povos.

Para os países europeus a guerra iniciou em 01 de Setembro de 1939 com a invasão da Polônia pela Alemanha.

Para a União Soviética a guerra iniciou em 22 de Junho de 1941, quando a Alemanha, com um exercito de 4,5 milhões soldados, invadiu seu território na chamada Operação Barbarossa.

Para os EUA, embora estivesse auxiliando os países invadidos pela Alemanha com sua logística, entraram realmente na guerra em 07 de dezembro de 1941, quando os japoneses atacaram Pearl Harbor, que era a principal base naval norte-americana no Pacífico. Eles sabiam que os EUA representavam um obstáculo para sua pretendida expansão.

E ainda foram burros nesta empreitada, pois não conseguiram sequer arranhar algum dos porta-aviões americanos, que era seu principal objetivo.

Então a Guerra se tornou realmente Mundial quando estas guerras independentes se tornaram uma só.

Curioso estes esclarecimentos não aparecerem em livros de história.


Tags: Carlos Mello, artigo


Carlos Mello é formado em Economia pela UFRGS, trabalha com Avaliações Financeiras e Cálculos Periciais. Reside em Porto Alegre.

Email: carlosmello@ufrgs.br
Telefone: (51) 99113-2232




Opinião do internauta

  • Tuca (21.08.2012 | 18.34)
    Os bombardeios em Dresden deixaram bem mais vitimas civis, nao?
  • Alberto Muller (15.08.2012 | 14.02)
    Mello. O teu texto realmente, mesmo às vezes discordando, faz pensar. Eu nunca tinha me dado conta de que a guerra realmente tinha iniciado anos antes, e que a data de 01 de Setembro de 1939 iniciou a parte européia da guerra. Tens razão. Eu dei uma conferida na Internet e vi que tem vários historiadores que admitem isto também, não estás sozinho. Mas me incomoda saber que num tiro mataram 100 mil pessoas e pior é saber que atualmente as bombas são milhares de vezes mais mortais. Essas de Hiroxima e Nagazaki são bombinhas de festa comparada ao que as potencias nucleares guardam.
  • Resposta do Colunista:

    Tuca, acho que não. Pelo que vi o conselho municipal de Dresden em 2010 chegou a um número máximo de mortos em torno de 25.000 pessoas. Contra 250.000 estimado nas primeiras décadas após a guerra.
    Houve outros piores, em termos de vitimas como Hamburgo com 50000 vítimas e de Pforzheim que matou aproximadamente 18.000 civis.
    Estes bombardeios foram realizados pela RAF e a Força Aérea dos Estados Unidos. E tinham como objetivo a rendição dos alemães.
    Mas eles, que iniciaram a guerra bombardeando seus vizinhos através da sua Blitzkrieg, não se renderam e acabaram sofrendo do mesmo mal que infligiram aos outros.
    Obrigado pela participação.

  • Resposta do Colunista:

     Alberto, que bom que gostas dos textos.
    Tem muitos que admitem que a guerra iniciou antes, mas os livros de história devem ser raros que afirmam isto, aqui mesmo na Internet se colocares algo tipo “inicio da 2ª guerra” vais ver que sempre aparece a 2ª guerra como de 1939 a 1945.
    Quanto ao número de vítimas, não esquecendo que era uma guerra, poderia ter sido muitíssimo mais se fossem lançadas sobre Tóquio e outras grandes cidades, o interesse era de terminar a guerra e não acabar com o Japão.
    Mas se fosse o Japão eles sim teriam acabado com qualquer inimigo se tivesse uma bomba atômica, eles usaram tudo que tinham disponíveis e cometeram as maiores atrocidades da 2ª guerra.
    Procura na Internet “Unidade 731” para conferir.
    Obrigado pela participação.

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 23.03

  • Dia de São Turíbio de Mogrovejo
  • Dia Mundial da Metereologia
  • Páscoa