Últimas notícias

Colunistas

RSS
As listas de Felipão e Luxemburgo

Ilgo Wink

22.01.2013

As listas de Felipão e Luxemburgo

No mesmo dia, com poucas horas de diferença, Felipão e Luxemburgo anunciaram suas listas.

Felipão, o técnico que o Grêmio queria para 2013; Luxemburgo, o técnico que gostaria de estar no lugar de Felipão.

Os dois caminham juntos. Ambos são vitoriosos. Ambos se deram mal na Europa. Já trocaram farpas, se estranharam e acho até que trocaram uns tabefes. Ambos queriam o lugar de Mano Menezes.

Particularmente, eu preferia ver o Felipão divulgando a lista do Grêmio para a Libertadores; e Luxemburgo anunciando os convocados no Rio, seu território, sua Pasárgada, onde ele é amigo do Rei, da imprensa. Enfim, lá onde espera estar para disputar a presidência do Flamengo.

Nada é perfeito. Se Luxemburgo fosse o indicado pela CBF, Felipão estaria hoje no Grêmio. As chances de título da Libertadores aumentariam significativamente, embora haja quem pense o contrário.

Nas listas dos dois, alguns problemas, a começar pela insistência com Ronaldinho, que vira e mexe tem nova chance de mostrar que a Seleção Brasileira há muito tempo não é o seu lugar.

Entre as duas listas, apenas uma me interessa: a do Grêmio.

Uma rápida olhada e a gente constata quais os pontos vulneráveis: todos na defesa.

Os laterais relacionados são de assustar. A não ser que Alex Telles surpreenda. E isso parece difícil. O guri pelo jeito não está agradando muito porque Luxemburgo cogita deslocar Pará para a esquerda – pânico! – e Tony na direita – cruz-credo.

Depois, a zaga. Saimon é bom jogador, mas inconfiável. Não pelo temperamento, que não é pior que o de Damião, embora a imprensa despreze essa superioridade do atacante colorado. Saimon, na verdade, ainda não convenceu plenamente, para uns, nem minimamente.

Seu companheiro de zaga é Cris. Um ponto de interrogação. Quem é Cris hoje. No passado, foi um zagueiro firme, de imposição. Mas e hoje?

Ah, nem é bom olhar para trás, porque ali não estará Marcelo Grohe. E sim Dida.

Portanto, se a LDU forçar um pouco, fará ao menos um gol, mesmo que esteja com um time todo reformulado e desentrosado.

Se a defesa preocupa como um todo, o meio-campo e o ataque tranquilizam.

Por isso, acredito que o Grêmio tem condições de garantir ao menos um empate, o que será um resultado formidável.

Até porque na volta o time terá Vargas.

CARLOS EDUARDO

O Inter faz o diabo para ter uma pauta positiva. Agora, deixou transitar a informação de que Carlos Eduardo pode ser contratado. Setores da imprensa estimularam a ideia. Assim, dá mais ânimo aos colorados, angustiados com os reforços que estão sendo anunciados.

Carlos Eduardo, sim, seria uma contratação digna da grandeza do Inter. Não um Gabriel, desprezado pelo Grêmio depois de dois anos de come e dorme.

Mas Cadu é um sonho, um delírio. Entre Flamengo e Inter, quem ele ou a maioria dos jogadores escolheria? Claro que o Flamengo, o Rio, as praias, a noite fervilhante.

Ficarei surpreso se Cadu optar pelo Inter. Muito surpreso.

Ainda mais que o vídeo em que ele toca flauta no Inter depois da derrota para o Mazembe – vai uma bem gelada, aí? – segue circulando.

Teve um dirigente graduado do Inter que chegou a afirmar, depois de ver as imagens, que Cadu estava descartado.

Mas se ele vier, será interessante: Cadu e Gabriel, dois que gozaram muito com o vexame, juntos no Inter.

Gabriel, um kidiaba no Inter.

O mundo do futebol é mesmo fascinante.


Tags: Ilgo Wink, opinião, futebol, Grêmio, Inter


Ilgo Wink é jornalista formado pela Ufrgs. Trabalhou na Folha da Tarde, Correio do Povo, Rádio Guaíba, Rádio da Universidade e TV Bandeirantes. Hoje, dirige a WComm Comunicação Ltda.  Nas horas vagas produz cerveja artesanal e mantém o blog: Blog do Ilgo.

E-mail: ilgowink@gmail.com

twitter: twitter.com/ilgowink




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 10.08

  • Dia de Santa Filomena
  • Dia do Anjo Haiaiel