Últimas notícias

Colunistas

RSS
Grêmio vence fora e consolida posição no G-3

Ilgo Wink

16.09.2015

Grêmio vence fora e consolida posição no G-3

Enfrentar o Atlético Paranaense é sempre complicado, principalmente em Curitiba. Por isso, a vitória por 2 a 1 deve ser saudada, comemorada com entusiasmo. Com os três pontos, o Grêmio consolida sua posição no G-3, frustrando os urubus que estavam e continuam na tocaia.

O mesmo ataque inoperante dos últimos jogos teve aproveitamento de quase 100 por cento. Não que isso signifique mais qualidade na conclusão.

O primeiro gol foi uma bola enfiada milimetricamente por Luan. Dougas recebeu livre e chutou colocado, telegrafado, na saída do goleiro. A bola, por sorte, desviou na ponta da chuteira do zagueiro e enganou o goleiro.

No segundo gol, Giuliano meteu uma bola perfeita para Luan, que invadiu a área e chutou com esse seu jeito de chutar. Outra vez a sorte ao lado do Grêmio, porque a conclusão foi imperfeita e a bola só entrou porque caprichosamente passou por baixo do corpo de Weverton.

Não importa, é gol igual. Está certo, mas esse tipo de finalização mostra que Roger Machado deve continuar treinando esse fundamento se quiser terminar a temporada comemorando não apenas vaga na Libertadores, o que, a bem da verdade, já é o bastante dentro do que se projetava a partir do Gauchão. Houve quem fizesse contagem regressiva de pontos que faltavam para escapar do rebaixamento.

Realmente, o quadro era assustador. Felizmente, apareceu Roger Machado, assim como última alternativa.

E Roger foi quase mágico. Com ele, o Grêmio cresceu. 

Agora, ele tem cometido alguns equívocos. Por exemplo, não dá pra entender começar os jogos com Fernandinho, não Pedro Rocha, este presente nas melhores atuações do Grêmio neste Brasileirão. Difícil de aceitar também a troca de Douglas por Bobô. Pedro Rocha ou Éverton seriam substituições mais adequadas, porque são jogadores velozes, ótimos para contra-ataques.

O fato é que o Atlético Paranaense passou os minutos finais, minutos intermináveis, pressionando em busca do empate, depois de ter descontado através de Evandro. O Grêmio resistiu do jeito que foi possível. Thiago, que havia substituído Grohe, lesionado, evitou o empate num chute do sempre perigoso Walter.

A rodada foi excelente para o Grêmio, que contou com as derrotas do Corinthians e do Atlético Mineiro, que levou quatro do Santos.

ANALISTAS DE ARBITRAGEM

Ouvi três emissoras de rádio. Todos que participavam da transmissão disseram que foi pênalti de Edinho. Foi um chute à queima-roupa. Edinho moveu os braços para proteger o rosto. A bola bateu nos braços usados como escudo. NÃO foi pênalti.

O comentarista da Sport TV, que não é da aldeia, disse que não foi pênalti.

Os luminares daqui viram pênalti contra o Grêmio.

INTER

Grande vitória do Inter sobre o líder do campeonato. Confesso que acreditava na vitória do Corinthians. Mas o Inter não se intimidou, foi pra cima e garantiu os 2 a 1. Cresce na competição.  

E cresce com o sempre contestado Paulão, autor da jogada típica de ponta no gol de Valdívia, quase no final.

No primeiro resultado negativo vão pedir a cabeça de Paulão.

RONALDINHO

Anderson Moreira ia bem no Fluminense. Aí, veio Ronaldinho. Tudo desandou. Anderson demitido. De novo.

Fred, que perdeu pênalti, e Ronaldinho, que estava no banco, continuam com seus salários garantidos.


Tags: Ilgo Wink, esporte, inter, grêmio, futebol


Ilgo Wink é jornalista formado pela Ufrgs. Trabalhou na Folha da Tarde, Correio do Povo, Rádio Guaíba, Rádio da Universidade e TV Bandeirantes. Hoje, dirige a WComm Comunicação Ltda.  Nas horas vagas produz cerveja artesanal e mantém o blog: Blog do Ilgo.

E-mail: ilgowink@gmail.com

twitter: twitter.com/ilgowink




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 21.11

  • Dia da Apresentação de Nossa Senhora
  • Dia da Homeopatia
  • Dia das Saudações
  • Dia do Anjo Seheiah
  • Dia do Município Brasileiro
  • Dia Mundial da Televisão