Últimas notícias

Colunistas

RSS
Time misto com cara de titular em Erechim

Ilgo Wink

18.03.2016

Time misto com cara de titular em Erechim

O técnico Roger Machado disse hoje que tem conversado muito com Lincoln. Assuntos técnicos e até pessoais. E isso desde que chegou ao clube.

Está claro, então, que ele acredita, no guri.

Talvez não ainda a ponto de colocá-lo de titular. Entendo que Roger perdeu tempo demais ao deixar Lincoln fora do time, fora do banco, mas eu acredito no trabalho do técnico. Acredito em sua seriedade e em sua capacidade de avaliar o que é melhor para o time.

Roger, a meu ver, e também de um grande número de gremistas, poderia ter dado mais oportunidades para Lincoln. Por motivos que desconheço isso não aconteceu.

Mas agora Lincoln está abrindo seu espaço no time titular, que é composto por 11 jogadores mais uns três ou quatro. Lincoln está entrando nesse bolo. A titularidade absoluta agora é questão de tempo, pouco tempo imagino.

O jogo deste domingo, 18h30, em Erechim – terra do multicampeão Fábio Koff, faço questão de enfatizar isso para alertar alguns ingratos e desmemoriados – pode abrir caminho para que Lincoln enfrente a LDU em Quito desde o início.

Até porque jogadores jovens devem ter mais condições de suportar os efeitos da altitude.

Roger aproveitou que alguns jogadores estão desgastados ou com ‘desconforto’ muscular para escalar um time misto, desistindo da ideia absurda de jogar com a tal força máxima – que hoje se vê não é tão máxima assim, porque tem titular perdendo posição -, repetindo o erro cometido no Gre-Nal.

Erro, aliás, que eu, voz quase isolada, alertei na véspera – está registrado – quando todos, ou quase todos, queriam o time titularíssimo para vencer o clássico. Temia por lesões que viessem a desfalcar o time na Libertadores, o que lamentavelmente aconteceu. E justo com um dos dois jogadores por mim citados como alvo preferencial do adversário, o Miller Bolanos.

Bem, com esse time misto o Grêmio deve somar três pontos no Gauchão, talvez até assumindo a liderança. Quero dizer que diante da campanha na Libertadores e as atuações recentes dos titulares penso que devemos valorizar mais o nosso regional para impedir o hexa do rival.

O Grêmio deve jogar com Grohe, Ramiro, Geromel, Fred e Marcelo Hermes; Wallace, Maicon, Lincoln, Pedro. Rocha, Éverton e Bobô. 

Gosto dessa escalação.

Saúdo a volta de Wallace, que devolve ao time a qualidade perdida.

Ramiro e Marcelo Hermes estão ganhando posição. Nem tanto por seus méritos, mas pela ineficiência dos que vêm jogando nas laterais. Prefiro o Kaio no lugar do Ramiro, mas Roger conhece melhor os dois jogadores.

Do meio para a frente só falta um: o Luan, que entraria no lugar de Bobô.

Nesse jogo, aliás, eu escalaria Henrique Almeida, que não é tão dependente quanto Bobô. Tem mais iniciativa e se movimenta mais.

O fato é que esse time misto tá com muita cara de ser titular em pouco tempo.

CONTRATO COM TV

Não li o contrato do Grêmio. Mas não tenho dúvida de que Romildo Bolzan, habilidoso negociador, tirou o máximo da rede de TV.

Sei que muita gente queria ver a TV Globo pelas costas. 

Mas se RB optou pela Globo, é porque a proposta atende melhor os interesses do clube.

Entre propostas iguais, eu ficaria com a Globo, que tem muito mais visibilidade que qualquer outro canal de tv aberta.


Tags: Ilgo Wink, esporte, inter, grêmio, futebol


Ilgo Wink é jornalista formado pela Ufrgs. Trabalhou na Folha da Tarde, Correio do Povo, Rádio Guaíba, Rádio da Universidade e TV Bandeirantes. Hoje, dirige a WComm Comunicação Ltda.  Nas horas vagas produz cerveja artesanal e mantém o blog: Blog do Ilgo.

E-mail: ilgowink@gmail.com

twitter: twitter.com/ilgowink




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 21.11

  • Dia da Apresentação de Nossa Senhora
  • Dia da Homeopatia
  • Dia das Saudações
  • Dia do Anjo Seheiah
  • Dia do Município Brasileiro
  • Dia Mundial da Televisão