Últimas notícias

Colunistas

RSS
Dor de dente, a sinceridade de Valdívia e o sucesso de Giuliano

Ilgo Wink

07.10.2016

Dor de dente, a sinceridade de Valdívia e o sucesso de Giuliano

O Valdívia admitiu que se jogou ao pressentir o choque com o zagueiro Lucas Claro, o que resultou no pênalti que deu à vitória ao Inter.

Aliás, a segunda vitória seguida. Está aí uma ideia para a pauta ufanista que envolve o Inter nesses tempos de mobilização total contra o rebaixamento. ‘Inter soma seis pontos em dois jogos.’

Quero aproveitar a iniciativa até certo ponto ingênua – os árbitros agora já sabem com quem estão lidando – do meia colorado para fazer uma revelação.

Confesso que até me envergonho de ter um sentimento tão baixo, mas lá vai:

sempre que vejo a TV dando um close em William penso imediatamente em Miller Bolanos.

É uma dupla inseparável na minha cabeça. Tipo Claudinho e Buchecha, queijo com goiabada, feijão com arroz, Pelé e Coutinho, Alcindo e Joãozinho, etc

Chego a desejar, por momentos, que ele, William, sofra uma lesão que o prejudique tanto quanto a cotovelada que ele desferiu no equatoriano.

Enquanto William consegue exercer sua profissão normalmente, Bolanos sofre sequelas da contusão causada pelo lateral colorado. Foi submetido dias atrás a outra cirurgia na mandíbula.

A cotovelada de William afetou o desempenho e a trajetória de Bolanos e, de quebra, contribuiu para reduzir as chances do Grêmio nas competições, em especial na Libertadores.

Então, é isso, também tenho as minhas pequenezas, também sou humano.

Realmente, ver William jogando feliz e Bolanos afastado dos campos, provoca em mim sentimentos negativos.

Mas isso também vai passar.

GIULIANO

O RW relatou em uma de suas 300 intervenções diárias em várias mídias que o técnico Tite elogiou muito Giuliano.

Ficou claro que Giuliano foi subaproveitado no Grêmio.

No Zenit, ele é o campeão em assistências e ainda não cansa de fazer gol. Na seleção, é destaque.

O técnico Roger Machado não teria visto as qualidades do meia? Duvido.

Roger optou por colocar Douglas como centro do time – conforme destacou o titular do blog cornetadorw.

Coube a Giuliano correr por ele e por Douglas.

Giuliano carregando o piano. Douglas, o pianista.

Aliás, esse tipo de coisa ajuda a explicar a derrocada gremista, que de postulante ao título brasileiro agora corre atrás de um sexto lugar.

DOR DE DENTE

Quando a gente está com uma dor de dente daquelas nada mais interessa.

O foco é a dor de dente. Somos um dente ambulante.

Confesso que a possibilidade de rebaixamento do Inter é a minha dor de dente.

Não consigo pensar em outra coisa.

Nem nas chances do Grêmio no Brasileirão ou na Copa do Brasil.

Até as revelações da Lava-Jato ficaram em segundo plano.

Eu só penso e respiro rebaixamento.

Não apenas eu. Todos os gremistas que conheço estão vivendo hoje em função dessa dor de dente, digo, desse rebaixamento.

Agora, depois da vitória sobre o Coritiba com gol de pênalti (que não existiu), no finalzinho, declaro que o Inter não cai.

Mas a ‘dor de dente’ continua. Enquanto há vida, há esperança.


Tags: Ilgo Wink, esporte, inter, grêmio, futebol


Ilgo Wink é jornalista formado pela Ufrgs. Trabalhou na Folha da Tarde, Correio do Povo, Rádio Guaíba, Rádio da Universidade e TV Bandeirantes. Hoje, dirige a WComm Comunicação Ltda.  Nas horas vagas produz cerveja artesanal e mantém o blog: Blog do Ilgo.

E-mail: ilgowink@gmail.com

twitter: twitter.com/ilgowink




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 26.05

  • Dia de N. Sra. de Caravaggio
  • Dia de São Filipe Néri
  • Dia do Revendedor Lotérico
  • Dia Nacional do Combate ao Glaucoma
  • Dia Nacional do Museu