Últimas notícias

Colunistas

RSS
E se Renato não ficar?

Ilgo Wink

17.12.2016

E se Renato não ficar?

E se Renato não ficar?

Esta pergunta inquieta muita gente, inclusive eu. Mas outros dão de ombro, tipo ‘estou nem aí’. São os anti-renatistas, um pessoal que deu uma trégua em função do título da Copa do Brasil.

Renato, na verdade, até estimula essa rejeição velada nas vitórias e escancarada nas derrotas. Tem um jeito que foge do padrão dos bem comportados, dos politicamente correto. Mas esses vibram quando ele enfrenta os reds da imprensa.  

Mas antes de tudo pra mim estão os resultados. Até o Tite teve uma fase em que era insuportável com aquele papo de pastor ou escritor de livo de auto-ajuda.

Mas sempre coloquei em primeiro plano o trabalho desenvolvido e, em especial, os resultados.

Futebol é resultado. O resto é tese para animar programa de debate e discussões nas redes sociais.

Os resultados do Renato no Grêmio, de modo geral, foram muito bons, culminando com um título que ninguém mais acreditava possível. Ou não?

Então, eu defendo a renovação de contrato de Renato. Mas dentro dos limites orçamentários do clube.

Só entendo que a direção deve esticar o elástico o máximo possível, nem que seja extrapolando um pouco seu limite pré-estabelecido.

Porque caso contrário terá de ir ao mercado. E os nomes disponíveis não são melhores que Renato, a meu ver, claro, porque sou eu que estou teclando furiosamente aqui nesta manhã de domingo entre uma entrega e outra da PENTA, cerveja com Sabor de Novos Tempos.

Então, a direção deve fazer o máximo para renovar com Renato, que já conhece o grupo e tem boa relação com ele.

Mas se não for possível, paciência.

Vida que segue. Ninguém é maior que o Grêmio.

O problema é encontrar um bom substituto. Não é fácil, o Corinthians que o diga. Está aí em busca de um sucessor para Tite e só tem quebrado a cara.

Tentou Cristóvão, que alguns gremistas adoram e não me perguntem por que, e Osvaldo de Oliveira, que também fracassou. E que eu não gosto.

Então, o Grêmio segue negociando com Renato, e torço para que dê certo.

Segundo um colunista roxo de tão vermelho, é uma negociação ‘áspera’. É uma negociação difícil, mas nunca áspera, que remete para algo conflituoso.

Por fim, seja quem for que venha neste ano de Libertadores, não irá custar muito mais barato que Renato.

Como diria o saudoso Sérgio Jockymann, pensam nisso enquanto eu lhes digo até amanhã.

JUIZ DA COMARCA

D’Alessandro é um Messi para os colorados, principalmente para setores da imprensa. Esquecem de quantos jogos ele ficou fora. Por coincidência daqueles jogos em lugares distantes, com muitas horas de voo e de aeroporto. Não consigo imaginar o argentino jogando em Manaus contra um tal de Princesa.

Fora isso, todo mundo tergiversa quando se trata do salário do argentino. Mas o cornetadorw não deixa escapar nada. Confiram:

http://cornetadorw.blogspot.com.br/2016/12/a-realidade-sobre-o-juiz-da-comarca.html


Tags: Ilgo Wink, esporte, inter, grêmio, futebol


Ilgo Wink é jornalista formado pela Ufrgs. Trabalhou na Folha da Tarde, Correio do Povo, Rádio Guaíba, Rádio da Universidade e TV Bandeirantes. Hoje, dirige a WComm Comunicação Ltda.  Nas horas vagas produz cerveja artesanal e mantém o blog: Blog do Ilgo.

E-mail: ilgowink@gmail.com

twitter: twitter.com/ilgowink




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 16.11

  • Dia da Tradição Oral
  • Dia de Santa Gertrudes
  • Dia de Santa Margarida
  • Dia de São Giuseppe Moscati
  • Dia do Anjo Melahel
  • Dia Internacional da Tolerância
  • Dia Nacional de Atenção à Dislexia
  • Dia Nacional dos Ostomizados
  • Semana da Música