Últimas notícias

Colunistas

RSS
O tribunal gaudério e a faxina moral e ética

Ilgo Wink

16.02.2017

O tribunal gaudério e a faxina moral e ética

Desde que um auditor tirou o voto do bolso – redigido em casa – num rumoroso caso de doping no futebol gaúcho – por coincidência envolvendo o Inter que seguidamente aparece num rolo desse tipo – para absolver o clube do coração depois de horas e horas de julgamento, é que eu simplesmente não levo a sério o que se passa no tribunal de justiça da federação gaúcha de futebol, assim com minúsculas mesmo.

Pra mim, e muita gente que conheço, esse tribunal gaudério e o tribunal maior, o carioca, fazem qualquer coisa, menos JUSTIÇA, assim com maiúsculas.

Não duvido da idoneidade dos julgadores. O problema é que são torcedores. São movidos à paixão, sem descartar algum outro ‘combustível’, embora, como já disse, são todos homens sérios, votam e decidem com seriedade. Mas a seriedade do torcedor, que sai da arquibancada mas a arquibancada não sai dele.

Aqui Abaixo do Mampituba, no reino noveletiano, é ainda mais difícil votar sem tirar a camisa (azul ou vermelha).

O curioso é que a maioria das decisões volta e meia beneficia apenas um lado, o Inter.

Foi o que aconteceu no julgamento desta quinta, quando o Inter foi agraciado com uma ‘punição’ ridícula, que só não me deixa com cara de palhaço porque eu não esperava nada diferente disso, um prêmio ao clube que deveria ser responsabilizado pelos atos de seus torcedores.

Foi uma decisão absurda. Leiam: http://correiodopovo.com.br/Esportes/Futebol/Inter/2017/02/610470/Procurador-do-TJD-critica-julgamento-do-Inter-Frankstein-juridico

Não vai dar em nada, claro.

O mais grave é que esse tipo de ‘penalização’ estimula novas infrações.

Até que um dia aparece um cadáver, vítima de algum conflito como esse de Veranópolis. 

Se um dia isso ocorrer, desde já responsabilizo, modestamente, todos os que contribuíram por essa sentença que mais uma vez absolve o clube, e faz de conta que pune os ‘torcedores’ de sempre.

É o momento de punições exemplares em todos os campos. 

O Brasil está passando por um processo de higienização moral e ética.

Mas acho que essa faxina nunca chegará ao futebol.

CAMISA 9

Confira a contagem sensacional de centroavantes do Grêmio desde Jardel.

Grande maioria é aipim.

http://cornetadorw.blogspot.com.br/2017/02/atualizacao-dos-9.html


Tags: Ilgo Wink, esporte, inter, grêmio, futebol


Ilgo Wink é jornalista formado pela Ufrgs. Trabalhou na Folha da Tarde, Correio do Povo, Rádio Guaíba, Rádio da Universidade e TV Bandeirantes. Hoje, dirige a WComm Comunicação Ltda.  Nas horas vagas produz cerveja artesanal e mantém o blog: Blog do Ilgo.

E-mail: ilgowink@gmail.com

twitter: twitter.com/ilgowink




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 21.01

  • Dia de Apolo, o deus Sol (mitologia grega)
  • Dia de Santo Anastácio