RicardoOrlandini.net - Informa e faz pensar - Colunista - Vaias para os ‘culpados’ de sempre

Últimas notícias

Colunistas

RSS
Vaias para os ‘culpados’ de sempre

Ilgo Wink

19.02.2017

Vaias para os ‘culpados’ de sempre

Os gremistas que mais desdenham o Gauchão são os que mais cobram resultado. 

Estão no seu direito. Torcedor tem direito de vaiar até minuto de silêncio. 

Neste domingo, sobrou para Maicon, que falhou no início do gol de empate do São José – no primeiro tempo, ele deu uma entregada muito pior, e o gol não aconteceu por detalhe.

Dois meses atrás, o capitão calou a boca de todos os seus críticos com atuações exuberantes na Copa do Brasil. Hoje, por causa de um erro nessa fase inicial de reformatação do time, foi dura e injustamente vaiado.

Maicon pode jogar o que for, sempre será, para muitos torcedores, um dos vilões do time, juntando-se a Marcelo Oliveira – este sim segue devendo -, Ramiro – não importa o que jogue sempre será considerado um reserva por grande parte da torcida -, Marcelo Grohe, etc.

São jogadores que a torcida – parte dela – marcou na paleta. 

Vale também para o técnico Renato Portaluppi. Parte da torcida não o suporta, e deixa claro isso seguidamente nas redes sociais. É uma minoria ruidosa.

Sobre Renato, é admirável o trabalho que ele fez com Miller Bolanos. Ninguém destaca isso. O equatoriano é hoje um jogador muito mais comprometido, participativo e solidário.

Resultado: está mostrando todo seu potencial técnico. E tudo indica que ele tem ainda mais futebol para mostrar, calando umas aves agourentas que viam nele uma contratação equivocada, dinheiro posto fora.

No segundo tempo, percebi, com satisfação, que outro jogador está sendo lapidado para a titularidade: Lincoln.

Sei, muitos vão dizer que estou sendo otimista e apressado. Pode ser. Mas gostei do Lincoln que vi entrar no jogo. Por vezes o confundi com Bolanos pelo tipo físico, pelo toque de bola refinado, pela vontade de ser útil também no combate, na marcação.

Sem contar que ele participou do gol do equatoriano. Mas isso, a meu ver, foi só um detalhe.

REFORÇOS

O Grêmio precisa de mais um meia experiente. O nome que me vem à mente segue o mesmo que registrei aqui no final do ano: Éverton Ribeiro. Mas me serve também Lucas Lima.

Mais que um ‘fazedor de gol’, o Grêmio precisa de alguém que crie jogadas para o ataque.

Não adianta ter um ‘fazedor de gol’ se não tiver alguém que crie condições para o time marcar.

Isso ficou claro mais uma vez nesse empate desastroso com o Zequinha.

É óbvio, ao menos para mim, que com Luan e/ou Douglas o Grêmio teria mais criatividade ofensiva.

Então, as lesões começam a prejudicar seriamente o time, que busca quebrar a hegemonia vermelha. Uma missão que não é nada fácil diante de algumas arbitragens que estamos vendo e que já não surpreendem ninguém.

A novidade nesta rodada é que o Grêmio foi também beneficiado por um erro da arbitragem, que não marcou infração no gol de Bolanos.


Tags: Ilgo Wink, esporte, inter, grêmio, futebol


Ilgo Wink é jornalista formado pela Ufrgs. Trabalhou na Folha da Tarde, Correio do Povo, Rádio Guaíba, Rádio da Universidade e TV Bandeirantes. Hoje, dirige a WComm Comunicação Ltda.  Nas horas vagas produz cerveja artesanal e mantém o blog: Blog do Ilgo.

E-mail: ilgowink@gmail.com

twitter: twitter.com/ilgowink




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 18.08

  • Dia de Santa Helena
  • Dia do Anjo Lelahel
  • Dia do Estagiário