Últimas notícias

Colunistas

RSS
Estreia com vitória para frustração dos secadores Estreia com vitória para frustração dos secadores

Ilgo Wink

09.03.2017

Estreia com vitória para frustração dos secadores Estreia com vitória para frustração dos secadores

Vale o velho chavão: o resultado foi melhor que a atuação. O Grêmio estreou com vitória de 2 a 0 sobre o Zamora, e isso é o que na verdade importa.

O time venezuelano levou muito perigo ao goleiro Marcelo Grohe, que foi salvo em três lances mortais interceptados por Kannemann, Thiery e Ramiro, este tirando de cabeça (sério…) de cima da risca, num momento importante. O Grêmio já vencia por 2 a 0, mas um gol naquele momento, meados do segundo tempo, criaria um clima de terror no jogo.

Então, não foi um passeio, como escreveu um prestigiado colunista num site com milhares de acessos. Não sei o que leva alguém que conhece futebol, e vive no meio há muito tempo, a escrever num veículo de comunicação que o Grêmio passeou na Venezuela.

Só pode ser uma tentativa de diminuir a importância de estrear com 3 pontos em jogo fora de casa. O Zamora complicou muito a vitória gremista. No segundo tempo uns baixinhos do ataque (projetos mal-acabados de Messi) infernizaram a zaga gremista.

Felizmente,  Kannemann conseguiu jogar. Fico imaginando como seria com Bressan. Não, melhor não imaginar para não ter pesadelos nesta madrugada de quinta pra sexta-feira.

Thiery foi um bom substituto de Geromel, que está com ‘dor-de-cotovelo’ e vai demorar um pouco pra voltar.

Agora, o melhor do sistema defensivo, ao lado de Ramiro, o PGV tricolor, foi Léo Moura. Quando ele foi contratado muitos torceram o nariz, mas eu apoiei essa contratação porque acompanhei o lateral durante todo o Brasileirão. Normalmente ele aparecia no meu time no Cartola. E sempre me dei bem.

O gol que ele marcou é coisa de jogador experiente, inteligente e técnico. Vai disputar posição com Edilson.

A dupla de volantes teve altos e baixos. São dois bons jogadores, mas sofrem com a falta de entrosamento de todo o time.

As ausências de Douglas e Maicon mudaram a forma de jogar do time. 

O próprio Luan, que compunha esse trio cerebral do Grêmio campeão da Copa do Brasil, caiu de rendimento.

Na frente, Pedro Rocha segue bem, mas também caiu de rendimento em comparação com o que jogou na reta final da CB.

Gostei do Lucas Barrios. É um centroavante de boa técnica e inteligência. Vai ser muito útil.

Para concluir, esse Grêmio que estreou com vitória na Libertadores 2017 terá de melhorar muito – e tem potencial para isso – se quiser brigar pelo título.

Decididamente, o Grêmio não passeou em campo. Penou para vencer, mas venceu, é o que importa para abafar o som da corneta de secadores vermelhos e até azuis – sim, tem gente que torce mais por suas teses e interesses políticos do que pelo seu time.


Tags: Ilgo Wink, esporte, inter, grêmio, futebol


Ilgo Wink é jornalista formado pela Ufrgs. Trabalhou na Folha da Tarde, Correio do Povo, Rádio Guaíba, Rádio da Universidade e TV Bandeirantes. Hoje, dirige a WComm Comunicação Ltda.  Nas horas vagas produz cerveja artesanal e mantém o blog: Blog do Ilgo.

E-mail: ilgowink@gmail.com

twitter: twitter.com/ilgowink




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 24.05

  • Dia da Infantaria
  • Dia de Nossa Senhora Auxiliadora
  • Dia de São Vicente de Lérins
  • Dia do Datilógrafo
  • Dia do Detento
  • Dia do Telegrafista
  • Dia do Vestibulando
  • Dia Nacional do Cigano