Últimas notícias

Colunistas

RSS
Vitória por 2 a 0 tranquiliza Renato

Ilgo Wink

02.04.2017

Vitória por 2 a 0 tranquiliza Renato

O gol de Lucas Barrios é tranquilizador. Ao marcar 2 a 0, o Grêmio vai para o segundo confronto com o Veranópolis, sábado que vem, na Arena, mais despreocupado.

Com um olho no Gauchão e outro na Libertadores, o técnico Renato Portaluppi poderá armar um time sem alguns titulares que julgar conveniente preservar. Ele pode até entrar com força máxima, mas seu time não precisará jogar a 110% para confirmar a classificação.

Tudo graças ao gol do paraguaio, quase no final, numa estocada inteligente e precisa do Gastón Fernandez.

À beira do campo, Renato, que se desesperava a cada gol perdido, vibrou e logo se aquietou. Pode, agora, seguir o planejamento da comissão técnica, que era justamente esse: encaminhar a vaga em Veranópolis.

Na realidade, o Grêmio mereceu golear. Foram muitas situações claras de gol. 

IMPRENSA

Foi uma atuação convincente, alentadora, embora alguns analistas tenham pretendido ao longo do jogo diminuir o esquema aplicado, de novo com Léo Moura deslocado para o meio, e também individualidades como o próprio Léo e, em especial, Miller Bolanos.

São analistas visivelmente abalados, perturbados com o que acontece hoje no futebol gaúcho, e que não conseguem avaliar com a isenção necessária. Aos poucos, perdem credibilidade. E isso é o pior que pode ocorrer com um jornalista, seja em que área for.

Sua opinião sempre será colocada sob suspeição: “Será que ele pensa isso mesmo ou a cor clubística fala mais alto?”, eis a questão.

Nas redes sociais, percebe-se que alguns cronistas estão mesmo com a imagem abalada. Será difícil reverter.

O TIME

Tudo indica que o time da Libertadores será esse que jogou neste domingo. Léo Moura – cuja contratação eu comemorei aqui e em outros espaços , não canso de repetir – está ganhando posição.

Renato faz o óbvio: escala os melhores. Ele tem dois bons laterais na direita. Jogam os dois. No Gauchão, funciona, vamos ver na Libertadores, onde o nível de exigência é maior. Eu penso que o Renato está certo. Com o material humano que tem é isso mesmo. Edilson e Léo Moura juntos no time, se revezando, inclusive com Ramiro tendo liberdade para sair de trás e chegar na frente, como aconteceu no segundo gol, em que ele correu pela direita, chamou a atenção da marcação, enquanto Gastón enfiava a bola milimétrica para Barrios.

Ramiro, além de bom jogador técnica e taticamente, é inteligente. É difícil um time conquistar títulos sem alguns jogadores inteligentes.

BARRIOS

Ele entrou bem e aproveitou a chance que se apresentou para marcar. É isso que se quer de um atacante tipo ‘aipim’: conclusão fria e mortal.

Agora, o esquema adequado segue sendo o com atacantes que se movimentam e abrem espaços, confundindo a marcação. 

Barrios está mostrando que pode ser uma boa alternativa de jogo.


Tags: Ilgo Wink, esporte, inter, grêmio, futebol


Ilgo Wink é jornalista formado pela Ufrgs. Trabalhou na Folha da Tarde, Correio do Povo, Rádio Guaíba, Rádio da Universidade e TV Bandeirantes. Hoje, dirige a WComm Comunicação Ltda.  Nas horas vagas produz cerveja artesanal e mantém o blog: Blog do Ilgo.

E-mail: ilgowink@gmail.com

twitter: twitter.com/ilgowink




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 26.05

  • Dia de N. Sra. de Caravaggio
  • Dia de São Filipe Néri
  • Dia do Revendedor Lotérico
  • Dia Nacional do Combate ao Glaucoma
  • Dia Nacional do Museu