Últimas notícias

Colunistas

RSS
Grêmio avança e Inter cai na CB

Ilgo Wink

01.06.2017

Grêmio avança e Inter cai na CB

No duelo do técnico gremista contra o técnico colorado deu Grêmio. Vitória por 2 a 0 (5 a 1 no agregado) e vaga garantida para as quartas de final da Copa do Brasil com uma facilidade que ninguém esperava.

A vaga ficou encaminhada na Arena, 3 a 1.

Mas o Fluminense tem uma equipe forte, com algumas individualidades interessantes, sem contar com o desejo de Abel em bater o rival gaúcho. Fico imaginando o Fernando Carvalho telefonando e dando dicas ao Abel.

Sem contar seus fãs da imprensa.

Seria um jogo difícil, sem dúvida. A expulsão de Nogueira, aos 4 minutos, aplainou o caminho gremista.

O jogador deu uma tesoura por trás em Luan, que escapava em direção ao gol. Cartão vermelho direto, e com razão. O comentarista Carlos Simon, que parece gostar de ver jogador se quebrando em campo, disse que era para amarelo.

Com um jogador a mais, o Grêmio fez seu jogo de toque de bola, velocidade, objetividade e marcação forte, tudo na dosagem certa, coisa do alquimista Renato Portaluppi.

O gol de Luan foi de vinheta de programa esportivo. Ramiro tocou para Barrios, que deu uma assistência perfeita. Luan dominou e bateu com aquela categoria que vez de berço, e treinamento, claro.

Aqui, destaco Ramiro, o Pequeno Grande Volante, jogador fundamental e imprescindível. E também Lucas Barrios, um atacante de área com inteligência para jogar, visão de jogo e boa técnica.

Pedro Rocha ampliou com um gol sensacional, entortando o goleiro Cavalieri e mandando para a rede. Lançamento foi de Léo Moura, contratação que festejei aqui sob desconfiança de muitos. Joga muito esse Léo Moura, um professor de como se joga na lateral.

Destaco, ainda, dois pênaltis que não foram marcados a favor do Grêmio.

Por fim, tenho a dizer apenas que foi muito bom o comando do futebol ter poupado o time titular no jogo contra o Sport.

O time pernambucano, que não poupou ninguém contra o Grêmio, foi desclassificado da CB ao empatar com o Botafogo em Recife, perante sua torcida.  

INTER

O Inter fez uma partida escandalosamente boa contra o Palmeiras. Por pouco não se classificou. Vencia por 2 a 0 e no final acabou permitindo o gol palmeirense, que na minha opinião está longe de ter um grande time.

Mesmo assim, é preciso registrar que o Palmeiras foi prejudicado pela arbitragem. Vi parte do jogo. No segundo tempo, D’Alessandro cometeu pênalti acintoso em Zé Roberto, na cara do juiz.

Digo que a atuação colorada foi escandalosamente boa porque nem parecia aquele time apático que perdeu para o Paysandu.

A impressão que dá é que a bronca era com o técnico Zago. Estaríamos, portanto, diante de um escândalo. 

O desempenho dos jogadores mostra, ainda, que todo esse tumulto envolvendo documentos fraudados no caso PDF não chegou ao vestiário.

Mostrou que é possível jogar futebol mesmo com o mundo desabando lá fora.

Temos que acabar com esse mimimi no futebol.


Tags: Ilgo Wink, esporte, inter, grêmio, futebol


Ilgo Wink é jornalista formado pela Ufrgs. Trabalhou na Folha da Tarde, Correio do Povo, Rádio Guaíba, Rádio da Universidade e TV Bandeirantes. Hoje, dirige a WComm Comunicação Ltda.  Nas horas vagas produz cerveja artesanal e mantém o blog: Blog do Ilgo.

E-mail: ilgowink@gmail.com

twitter: twitter.com/ilgowink




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 25.02

  • Criação do Ministério das Comunicações (1967)
  • Criação do Ministério do Interior (1889)
  • Criação do Ministério dos Transportes (1967)
  • Dia de Santa Valburga
  • Dia de São Cesário
  • Dia de São Tarásio