Últimas notícias

Colunistas

RSS
O poste fez xixi no cachorro

Ilgo Wink

09.07.2017

O poste fez xixi no cachorro

O Grêmio foi insistente, criou inúmeras situações de gol, teve mais de 70 por cento de posse de bola. Enfim, era um jogo para um postulante ao título brasileiro golear um forte candidato ao rebaixamento.

Mas o poste urinou no cachorro. O Avaí venceu o Grêmio por 2 a 0, diante de quase 30 mil gremistas na majestosa Arena.

Aí, eu deparo nas redes sociais com gremistas dizendo que o Grêmio não jogou nada, que perdeu porque não tem interesse no Brasileirão e outras manifestações do gênero, que não se sustentam conforme provam os números do jogo.

Sobrou para Renato, que mandou Edilson bater o pênalti. Ah, deveria ter mandado o Lucas Barrios, dizem, como se houvesse garantia de acerto na cobrança.

O fato é que o Grêmio perdeu outro pênalti, e isso, sim, precisa ser considerado, avaliado, porque um título pode ser decidido dessa forma.

Dois dos cobradores já estão meio queimados, Luan e Edílson.

Sobre Edílson, são impressionantes suas cobranças de falta. O goleiro Douglas fez uma defesa sensacional num chute violento com a bola fazendo uma curva a poucos metros do goleiro.

Foi a mais difícil defesa de Douglas, que fez outras tantas, como a do pênalti (mal) batido pelo mesmo Edílson.

Quem teve sorte foi o goleiro Grohe. Imagino como não estariam as redes sociais em razão do primeiro gol do Avaí, uma bola colocada quase no ângulo. Bola difícil de defender. Léo não conseguiu. Fosse Grohe voltaria aquela ladainha chata do motorista de kombi e outras definições tão absurdas quanto essa.

Mas já vejo gremistas festejando a contratação de Paulo Vitor. Agora, vai…

O ex-goleiro do Flamengo não ata a chuteira do Grohe. Mas vou torcer por ele e nunca darei a ele apelidos pejorativos porque ele estará fazendo o melhor pelo Grêmio, assim como fazem Grohe, Léo e Grassi.

A lamentar que o Grêmio, velho formador de goleiros, tenha de buscar fora o que produzia aos borbotões. O que será que aconteceu? Uma pena.

Bem, com a derrota, o Grêmio ficou ainda mais distante do líder Corinthians. Tem gente indignada.

É sempre ruim perder, ainda mais um jogo em que os três pontos já podiam ser contabilizados. Mas o futebol é assim mesmo.

Se o Grêmio não tivesse lutado e criado chances de gol, eu estaria agora criticando também, mas o time lutou, criou, mas esbarrou num adversário que veio para não perder e acabou deixando a Arena com 3 pontos inimagináveis.

Grande parte dessa vitória se deve ao goleiro Douglas, que não ficou no Grêmio supostamente por um problema médico. Problema que, pelo jeito, não era tão grave assim. Estranho.

URUBULINOS

Espero que os gremistas, mesmo os mais críticos, os urubulinos de plantão, não reforcem o coro do lado vermelho do Rio Grande para criar crise no Grêmio.

INTER

Pancadaria e rojões no Beira-Rio. De novo. O MP será que irá tomar providências?

Há gremistas sustentando que se fosse no Grêmio a Arena talvez até fosse interditada.

Não quero acreditar que o MP seja parcial, que use dois pesos e duas medidas.

Mas o que parece é que a instituição atua com mais rigor quando se trata do Grêmio, da majestosa Arena e de calorosa torcida tricolor.

Não quero acreditar nisso.

Até porque essa onda de violência só tende a crescer. Não é o que nós queremos, não é mesmo caros promotores do MP?

A gente sabe o que acontece quando se demora a agir. Há exemplos em abundância.


Tags: Ilgo Wink, esporte, inter, grêmio, futebol


Ilgo Wink é jornalista formado pela Ufrgs. Trabalhou na Folha da Tarde, Correio do Povo, Rádio Guaíba, Rádio da Universidade e TV Bandeirantes. Hoje, dirige a WComm Comunicação Ltda.  Nas horas vagas produz cerveja artesanal e mantém o blog: Blog do Ilgo.

E-mail: ilgowink@gmail.com

twitter: twitter.com/ilgowink




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 13.11

  • Dia de São Diego de Alcalá
  • Dia do Anjo Pahaliah
  • Dia do Mau Humor
  • Dia do Moço Espírita
  • Dia Nacional da Família na Escola