Últimas notícias

Colunistas

RSS
Fernandinho deslancha nas mãos de Renato

Ilgo Wink

20.07.2017

Fernandinho deslancha nas mãos de Renato

Fernandinho é a prova (mais uma) de que os deuses do futebol, reunidos em algum conclave celeste, decidiram abençoar e proteger o Professor Renato Portaluppi, concedendo-lhe, entre outras coisas, o poder de transformar água do Dmae (ou da Corsan) em vinho, e do bom.

O escanteado Fernandinho, que só entrava no time pra ver se aparecia algum clube pretendente, sob orientação do mestre Renato cresceu e, por seus méritos e insistência do treinador – contrariando a vontade de 9 entre 10 gremistas – se transformou num jogador importante. Por vezes, decisivo.

Foi assim contra o Vitória, em Salvador. Um time ferido, cambaleante, pode ser muito perigoso. Mas o Grêmio, mesmo sem sua estrela maior, Luan, se impôs na casa do adversário e voltou de lá com uma coruscante (de novo imitando o David) vitória.

Fernandinho sofreu falta na entrada da área. Ele mesmo cobrou, ao estilo Luan, e balançou a rede. Depois, numa jogada marca registrada do Grêmio – ninguém faz igual -, ele recebeu de Pedro Rocha, viu a chegada de Arthur e encostou para o guri com delicadeza, como quem diz ‘faz’. E Arthur, que não é bobo nem nada, fez.

No começo da jogada, a visão e a categoria de Maicon, que enfiou uma bola sob medida para Pedro Rocha.

No segundo tempo, o Vitória descontou e até deu um susto. Na torcida. Porque o time já não se assusta com nada. Thiery entrou tão bem que ninguém sentiu a falta do grande Geromel, que sentiu lesão no vestiário, no aquecimento.

Éverton, que havia substituído Lucas Barrios, lesionado, vislumbrou Ramiro chegando de trás e mandou-lhe a bola. Na risca da grande área, o Pequeno Grande Volante dominou e mandou um torpedo: 3 a 1.

Foi mais um momento mágico do Professor Renato e seus pupilos. O Grêmio segue na cola do Corinthians, bafo na nuca.

É o único time que ainda tem condições de preservar um pouco de emoção na briga pelo título com os paulistas, talvez até as últimas rodadas.

A CBF e a rede Globo devem isso ao Grêmio.


Tags: Ilgo Wink, esporte, inter, grêmio, futebol


Ilgo Wink é jornalista formado pela Ufrgs. Trabalhou na Folha da Tarde, Correio do Povo, Rádio Guaíba, Rádio da Universidade e TV Bandeirantes. Hoje, dirige a WComm Comunicação Ltda.  Nas horas vagas produz cerveja artesanal e mantém o blog: Blog do Ilgo.

E-mail: ilgowink@gmail.com

twitter: twitter.com/ilgowink




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 20.05

  • Dia da Ascensão do Senhor
  • Dia da Congregação Mariana
  • Dia de Mjollnir, o martelo mágico de Thor, o deus dos trovões (Mitologia Nórdica)
  • Dia de São Bernardino de Sena
  • Dia do Comissário de Menores
  • Dia do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
  • Dia Nacional do Medicamento Genérico