Últimas notícias

Colunistas

RSS
Lincoln, a boa notícia em nova derrota

Ilgo Wink

13.08.2017

Lincoln, a boa notícia em nova derrota

O Grêmio já tem um forte candidato a substituir Luan. É Lincoln. O técnico Renato Portaluppi chegou a declarar que ele tem um ‘plano B e um plano C’. Desconfio que Lincoln, pelo que mostrou hoje contra o Botafogo, no Rio, num duelo entre reservas, é o plano C. O plano B seria Miller Bolaños.

Como o equatoriano não se resolve na vida, o guri da base pode passar a plano B. Fiquei empolgado com o primeiro tempo do Lincoln. Passes precisos, simplicidade nas jogadas, personalidade para chamar o jogo, como faz Luan. Fora isso, tem aquele drible de craque na entrada da área, que resultou em falta, que resultou em pênalti. Bem, pênalti que Marcelo Oliveira desperdiçou, embora o goleiro Gatito Fernandez tenha seus méritos.

GOLEIRO

Aliás, todos nós sabemos que um time campeão começa pelo goleiro. Esse Fernández é o tipo de goleiro que muitas vezes leva o time nas costas. Esse pênalti, aliado a mais uns 7 ou 8 que ele defendeu no Brasileiro, mostra que estamos diante de um goleiro diferenciado.

Marcelo Grohe já teve uma fase assim, mas hoje, infelizmente, tenho de reconhecer que embora seja mesmo um bom goleiro, acima da média, Grohe não é o cara para levar um time a grandes conquistas, como uma Libertadores, por exemplo.

Sei que alguns gremistas, uma minoria ruidosa, acha que Paulo Vitor pode ser esse goleiro. Não, não pode. Nunca foi. Até acho que ele não teve culpa no gol do Botafogo – fosse Grohe o goleiro, estaria sofrendo nas redes sociais. E o que dizer daquela bola rasante, no segundo tempo, que ele deixou percorrer e pequena área de ponta a ponta? Fosse Grohe seria taxado de ter braços curtos, etc.

Então, hoje, entre os dois, ainda continuo com Grohe. Sem entusiasmo. Fico na esperança de que ele possa ser um goleiro tipo Cássio e Gatito, dois que conduzem um time ao topo.

No mais, como o Brasileiro está mesmo perdido, considero boa a decisão de jogar com reservas. É uma oportunidade de conferir o futebol de jogadores da base, alguns apontados como grandes promessas.

Pela amostra de hoje, nenhum dos jovens pouco conhecidos me empolgou. Claro, foi uma amostra minúscula, com pouco tempo e ainda entrando num time desentrosado. Renato deve continuar dando oportunidades para jogadores como Dionatã, Patrick, Jean Pyerre, Batista e Kaio. Eles são o futuro do Grêmio.

Sobre o jogo, o Grêmio levou o gol de bobeira na marcação. Depois correu atrás, criou chances de empatar, mas acabou perdendo. Resultado injusto. O empate seria mais adequado.


Tags: Ilgo Wink, esporte, inter, grêmio, futebol


Ilgo Wink é jornalista formado pela Ufrgs. Trabalhou na Folha da Tarde, Correio do Povo, Rádio Guaíba, Rádio da Universidade e TV Bandeirantes. Hoje, dirige a WComm Comunicação Ltda.  Nas horas vagas produz cerveja artesanal e mantém o blog: Blog do Ilgo.

E-mail: ilgowink@gmail.com

twitter: twitter.com/ilgowink




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 26.05

  • Dia de N. Sra. de Caravaggio
  • Dia de São Filipe Néri
  • Dia do Revendedor Lotérico
  • Dia Nacional do Combate ao Glaucoma
  • Dia Nacional do Museu