Últimas notícias

Colunistas

RSS
Não vamos nos dispersar: foco no Hexa

Ilgo Wink

22.08.2017

Não vamos nos dispersar: foco no Hexa

Esses assuntos periféricos que só servem para atiçar os lobos vermelhos, alimentar as redes sociais e preencher espaço em programações esportivas estão em segundo plano, ao menos para mim.

O foco agora é na decisão contra o Cruzeiro. Não vamos nos dispersar. Se Luan vai ou não imitar o ex-jogador aquele e se Miller Bolaños um dia voltará a vestir a camisa do Grêmio são questões que preocupam, mas, a meu ver, secundárias para um clube que está a uma vitória e dois empates (simplificando) do hexa da Copa do Brasil.

O que realmente importa hoje é que Luan estará em campo. E melhor ainda seria se o equatoriano estivesse à disposição, com ganas de jogar seu belo futebol, algo que parece cada vez mais impossível. Até Renato que conhece a alma dos boleiros jogou a toalha.

Mas ainda temos Luan. Cada vez mais visado pelas chuteiras do mal sob os olhares negligentes dos árbitros em geral. Luan é o jogador do Grêmio a ser marcado. Todos os treinadores sabem disso. Mano Menezes sabe que o jogo do Grêmio passa pelos pés de Luan, ainda mais se Maicon não jogar. É com Maicon que Luan melhor dialoga, apesar do alto nível do futebol jogado por Arthur e Michel.

Só espero que Mano não ordene que seus jogadores ‘cheguem junto’, expressão aplicada não raro como neologismo para ‘mata a jogada custe o que custar’.

O bom é que Luan não se intimida com as entradas fortes e por vezes desleais mesmo. Quanto mais apanha mais retém a bola, mais provoca e atiça a ira dos marcadores, algumas vezes com dribles desconcertantes.

Se Luan estiver inspirado, acredito até mesmo numa vitória sobre o Cruzeiro, embora o empate seja suficiente – e até derrota por um gol, fora o 1 a 0, que leva aos pênaltis. Não, pênaltis, não. Não merecemos.

Sobre o time que começa, li que há dúvida entre Arthur e Maicon. Arthur está em melhor forma e deve sair jogando.

Agora, não afasto a possibilidade de Maicon começar no lugar de Barrios (sentiu lesão no jogo anterior). A ideia não me desagrada. Seria uma forma de rechear o meio de campo, liberando um pouco mais Luan e deixando Pedro Rocha como válvula de escape.

Os dois formatos me agradam. Ainda prefiro a primeira opção, desde que Lucas Barrios esteja em boas condições. Se ele não estiver 100 por cento, melhor, então, é deixá-lo como alternativa.

Por fim, não há como não confiar num time que desde a CB do ano passado tem mostrado maturidade e qualidade para superar qualquer adversário em território nacional, dentro ou fora de casa.


Tags: Ilgo Wink, esporte, inter, grêmio, futebol


Ilgo Wink é jornalista formado pela Ufrgs. Trabalhou na Folha da Tarde, Correio do Povo, Rádio Guaíba, Rádio da Universidade e TV Bandeirantes. Hoje, dirige a WComm Comunicação Ltda.  Nas horas vagas produz cerveja artesanal e mantém o blog: Blog do Ilgo.

E-mail: ilgowink@gmail.com

twitter: twitter.com/ilgowink




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 20.05

  • Dia da Ascensão do Senhor
  • Dia da Congregação Mariana
  • Dia de Mjollnir, o martelo mágico de Thor, o deus dos trovões (Mitologia Nórdica)
  • Dia de São Bernardino de Sena
  • Dia do Comissário de Menores
  • Dia do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
  • Dia Nacional do Medicamento Genérico