Últimas notícias

Colunistas

RSS
Atuação preocupante e derrota frustrante

Ilgo Wink

09.09.2017

Atuação preocupante e derrota frustrante

O Grêmio com o melhor que havia para o momento perdeu de 1 a 0 para um adversário instável no campeonato e sem torcida. Tudo indicava que a vitória viria ao natural, sem maior esforço, e isso deve ter contribuído para o desempenho preguiçoso do primeiro tempo. No segundo, o time tomou vergonha na cara, acordou em campo, mas continuou jogando um futebol opaco, sem brilho, sem criatividade.

Para alguns, ou muitos, o Grêmio jogou a não fazer, pedindo para perder para poder dedicar-se unicamente à Copa Libertadores, prioridade das prioridades da direção e de nove entre dez gremistas – sim, tem gente que na dúvida optaria pelo Brasileirão, cujo título ficou ainda mais distante.

Quero alertar apenas que o Grêmio não joga sozinho. Há um adversário a ser superado. No caso deste sábado, o Vasco do técnico estreante Zé Ricardo, que armou um esquema que podemos definir como humilde e respeitoso.

Zé Ricardo reconheceu a superioridade técnica do Grêmio e tratou de anular seu ponto forte, que é toque de bola de um lado para o outro diante da grande área. Então, ergueu duas muralhas móveis para neutralizar a articulação gremista. Deu tão certo que o goleiro Martin Silva pouco trabalhou. Que eu me lembre, sua defesa mais difícil foi um chute de Fernandinho.

Numa escapada, aos 42min, o Vasco fez o gol. Na verdade, achou um gol, numa bola em que a marcação foi frouxa no setor direito e inexistente no lado esquerdo, onde Mateus Vital apareceu livre para cabecear. Fora isso, o Vasco teve outro lance perigoso, com Marcelo Grohe salvando.

Então, quero reforçar que foi uma atuação ruim do Grêmio, preocupante,  até porque estamos à beira de um jogo pela Libertadores, mas qualquer análise também passa pela estratégia do adversário.

Os treinadores mais atentos e com humildade suficiente para armar esquema com maior capacidade de contenção já sabem o que fazer diante do Grêmio. Vamos ver o que fará o técnico Jair, do Botafogo.

Claro, sempre torcendo para que Luan e Geromel possam jogar. Luan é o toque de arte, e Geromel a liderança que anda faltando atrás, embora Bressan não tenha comprometido.

BOTAFOGO

O Grêmio tem a vantagem de 24 horas sobre o Botafogo, que enfrenta o Flamengo neste domingo, 19h, a três dias do jogo contra o Grêmio. Jair vai com força máxima. Afinal, trata-se de um clássico.

Um Botafogo mais desgastado irá enfrentar o Grêmio.  Em tese isso é bom. Mas aconteceu algo parecido com o Cruzeiro e o Grêmio foi eliminado da Copa do Brasil.


Tags: Ilgo Wink, esporte, inter, grêmio, futebol


Ilgo Wink é jornalista formado pela Ufrgs. Trabalhou na Folha da Tarde, Correio do Povo, Rádio Guaíba, Rádio da Universidade e TV Bandeirantes. Hoje, dirige a WComm Comunicação Ltda.  Nas horas vagas produz cerveja artesanal e mantém o blog: Blog do Ilgo.

E-mail: ilgowink@gmail.com

twitter: twitter.com/ilgowink




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 20.05

  • Dia da Ascensão do Senhor
  • Dia da Congregação Mariana
  • Dia de Mjollnir, o martelo mágico de Thor, o deus dos trovões (Mitologia Nórdica)
  • Dia de São Bernardino de Sena
  • Dia do Comissário de Menores
  • Dia do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
  • Dia Nacional do Medicamento Genérico