RicardoOrlandini.net - Informa e faz pensar - Colunista - Grêmio pragmático garante o empate

Últimas notícias

Colunistas

RSS
Grêmio pragmático garante o empate

Ilgo Wink

14.09.2017

Grêmio pragmático garante o empate

Sem Luan e Geromel, dois jogadores que figuram em qualquer seleção que se faça do Brasileiro, o técnico Renato Portaluppi optou por um esquema mais cauteloso para sair do Engenhão com um empate. E conseguiu.

O empate por 0 a 0 coloca o Grêmio como favorito à classificação, que será decidida na Arena. Além do resultado em si, ficou claro que o time carioca está pelo menos um degrau abaixo do tricolor. O Botafogo não conseguiu tirar proveito das dificuldades do Grêmio, que jogou também sem Michel.

Houve quem criticasse o esquema emergencial (repito, emergencial) armado por Renato. Queriam um Grêmio mais ofensivo, nunca um time mais preocupado e vocacionado a não levar gol antes de tudo.

O Grêmio jogou com quatro homens no meio de campo, um deles, Léo Moura, improvisado. Eu acharia melhor começar com Éverton, recuando Fernandinho. Renato, conhecendo melhor as qualidades e defeitos do adversário, optou por Léo, deixando Fernandinho mais adiantado.

E Fernandinho acabou sendo o jogador mais perigoso do Grêmio em termos ofensivos. Lucas Barrios mais uma vez saiu lesionado. Há tempo que ele vem jogando aquém de suas melhores condições. Por detalhe Fernandinho não fez seu gol ao aparar um cruzamento de Léo Moura, com o zagueiro tirando a bola com o goleiro já batido.

É inegável que Renato estudou bem o adversário e acabou acertando em sua proposta de ganhar o meio de campo. A defesa quase não foi exigida, Grohe quase não trabalhou. E o ataque, dentro de suas limitações, até que criou alguns bons lances.

Já o Botafogo pareceu enredado, sentindo a marcação, sem conseguir alternativas para levar perigo ao goleiro gremista.

Portanto, méritos de Renato, que armou um time de forma pragmática para decidir tudo em casa, aí reforçado de Michel e, provavelmente, Geromel e Luan.

Na Arena, será outra história.

ARTHUR

Foi o grande nome do jogo. Com Jaílson como primeiro volante, Arthur jogou mais adiantado e mostrou que pode evoluir muito como articulador. Assumiu mais a responsabilidade de criar e não teve medo de invadir a área a dribles quando possível. Numa dessas investidas, sofreu uma falta na risca da área, que o juiz ignorou. Não fosse isso, teria chegado na cara do goleiro.

É preciso destacar, também, que Bressan evitou o gol do Botafogo ao interceptar um arremate de Roger, após falha de Bruno Cortêz. Bressan deu uma vacilada no início da partida, mas depois voltou a ser um zagueiro eficiente e seguro.

Destaco, ainda, Edílson, que teve grande atuação.


Tags: Ilgo Wink, esporte, inter, grêmio, futebol


Ilgo Wink é jornalista formado pela Ufrgs. Trabalhou na Folha da Tarde, Correio do Povo, Rádio Guaíba, Rádio da Universidade e TV Bandeirantes. Hoje, dirige a WComm Comunicação Ltda.  Nas horas vagas produz cerveja artesanal e mantém o blog: Blog do Ilgo.

E-mail: ilgowink@gmail.com

twitter: twitter.com/ilgowink




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 19.08

  • Dia de São Luis de Tolosa
  • Dia do Anjo Acaiah
  • Dia do Artista de Teatro
  • Dia do Fotógrafo e da Fotografia