Últimas notícias

Colunistas

RSS
Vale do Silício: empreendedorismo, inovação e criatividade

Espaço do leitor

12.06.2013

Vale do Silício: empreendedorismo, inovação e criatividade

Por Valter Nagelstein, vereador e Presidente do PMDB de Porto Alegre.

Na condição de presidente da Comissão de Economia, Orçamento, Finanças e Mercosul (Cefor) da Câmara Municipal de Porto Alegre, que tem por missão contribuir para o desenvolvimento do município, integrei missão à cidade de São Francisco, no Estado americano da Califórnia, de 22 a 29 de maio, com especial interesse no Vale do Silício e no fenômeno gerado naquele local que resultou em empresas como Google, Facebook, Twitter, Linkedin, entre tantas que compõem hoje o nosso dia-a-dia. Lembro que essas empresas constituem o topo de uma cadeia produtiva que é a mais recente da história da humanidade e, ao mesmo tempo, a grande responsável pelas enormes transformações exponenciais que o mundo passa nos últimos 20 anos.

Nesse universo, e fruto da irradiação positiva das experiências exitosas desses empreendimentos, milhares de outros florescem a cada dia, gerando uma riqueza sem precedentes e que precisa ser estudada para tentarmos oferecer aos nossos pelo menos parte desse processo virtuoso. Visitamos incubadoras privadas, bancos de investimento de risco que financiam a inovação, startups, além de universidades e do poder público local.

Da experiência de São Francisco pudemos aprender, trazer, e espero poder compartilhar, sobre a importância de se criar uma cultura de empreendedorismo e inovação, agregada a uma forte base educacional de estímulo à tolerância e à criatividade, somadas a um serviço público que respeita o cidadão e onde os impostos não são escorchantes. Assim a sociedade enxerga que o que paga retorna em forma de infraestrutura, respeito e serviços. Também nos EUA há um sistema legal que cumpre com celeridade seu papel de dar segurança jurídica à sociedade. Assim as peças se encaixam e fazem um país próspero e desenvolvido. Lá, por exemplo, existe forte tendência hoje da utilização de bicicletas como meio de transporte, alimentos orgânicos, questões ambientais. Por exemplo, existe até supermercados que comercializam somente produtos orgânicos. Mas ao lado de tudo isso convive o tradicional, farta oferta de transporte público, ônibus, bondes, trolleybus, metrô, bonde, em largas redes viárias. Um porto revitalizado para fins turísticos. São Francisco está o quarto centro financeiro dos Estados Unidos e convive harmoniosamente com uma remanescente cultura hippie. Lá é possível ver que se pode construir um novo modelo, reformar o capitalismo por dentro e nos marcos da liberdade econômica fazer justiça social. Cito o exemplo de Stanford, que é uma das principais universidades americanas e que a cada Olímpiada faz seus alunos trazerem muitas medalhas aos EUA.

A Califórnia saiu no século passado do ciclo do ouro e se projetou na era do conhecimento. A Coréia da Sul, por exemplo, já seguiu esse caminho, aproxima-se cada vez mais dos EUA e colhe frutos. Está na hora do Brasil também fazer isso.

* Artigo publicado no Jornal do Comércio do dia 10 de junho de 2013. 


Tags: Valter Nagelstein, PMDB, Vale do Silício


Espaço destinado à colaboração de leitores do site.

Para participar envie sua colaboração para o e-mail site@ricardoorlandini.net.




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 20.10

  • Dia de Santa Iria
  • Dia do Anjo Rochel
  • Dia do Arquivista
  • Dia do Poeta
  • Dia Internacional do Chef de Cozinha
  • Dia Internacional do Controlador de Tráfego Aéreo
  • Dia Mundial e Nacional da Osteoporose