Últimas notícias

Colunistas

RSS
TRAGÉDIAS ANUNCIADAS

Erner Machado

02.04.2013

TRAGÉDIAS ANUNCIADAS

O Litoralmania noticiou “que um acidente envolvendo um ônibus com estudantes da Ulbra e um caminhão carregado de sucata deixou pelo menos quatro mortos e mais de 19 feridos na noite desta quarta-feira (27/03-2013) na Estrada do Mar (RS-389), em Arroio do Sal. A colisão aconteceu próximo ao trevo de acesso da cidade, por volta das 22h45min.

Um dos alunos costumava ser deixado na altura de uma fruteira, em Arroio do Sal. O acidente ocorreu após a parada — quando o veículo fazia o retorno para seguir viagem e acabou colidindo contra uma vaca e, na sequência, batido no caminhão.

Doze vítimas foram encaminhadas ao hospital Santa Luzia, de Capão da Canoa, incluindo a motorista do micro-ônibus, Michele Gonçalves Selbach que faleceu horas depois; 11 foram levados para o Hospital Nossa Senhora dos Navegantes, em Torres, e um para o Hospital de Arroio do Sal.”

Proporções guardadas em termos de número de vítimas comparando esta tragédia, com a de Santa Maria, poder-se-ia dizer que ela é menor. Mas tomando por referencia as mesmas condicionantes de previsibilidade presentes, podemos afirmar, sem medo de errar que, as duas, foram tragédias anunciadas. No Arroio do Sal, como em Santa Maria, os agentes privados e públicos se mancomunaram em irregularidades que resultaram em mortes, totalmente, desnecessárias e incompreensíveis.

Em Santa Maria, profissional e corajosamente, a Policia Civil ao concluir o Inquérito , indiciou particulares, autoridades e agentes administrativos da esfera municipal e estadual. Em Arroio do Sal, o Inquérito Policial, está em fase de levantamentos iniciais. Mas, com certeza, não será uma daquelas peças processuais que, ao encerrar-se irão imputar culpabilidade à vaca que motivou o acidente e, recomendar o arquivamento dos autos por inexistência de culpas que possam ser atribuídas às Pessoas Físicas ou Jurídicas de Direito Privado ou Publico.

Com certeza este inquérito será um corajoso inquérito que indiciará nos respectivos graus de Dolo, o dono animal que encontrava-se na via publica. Indiciará o Prefeito de Arroio do Sal que, por falta de uma ação fiscalizatoria, permite que as cercas, não tenham capacidade de conter os animais lotados nos campos marginais da rodovia.

Indiciará o DAER por baixar uma portaria que permita que caminhões transitem por uma via estadual que originariamente, contemplava o transito de veículos de passeio e pelo fato de que o caminhão envolvido na tragédia não tinha autorização para circular na RS 389.

Indiciará a Policia Rodoviária Estadual porque a carteira de motorista do condutor do caminhão estava vencida. Indiciará o Governador que, na condição de autoridade máxima no estado, agiu de maneira conivente com a Daer e, sem qualquer dúvida, tinha conhecimento do fato de que a portaria permissionária do transito de caminhões estava em desacordo com a capacidade e com as condições de segurança da Estrada do Mar.

Tenho certeza que o Inquérito contemplara este anseio que não é, somente, deste cidadão mas de todos os homens e mulheres de bem que acreditam em uma nova era que contemple, plenamente, a distribuição da Justiça como forma de estabelecer nova sociedade em que reine a paz, a harmonia, o respeito e o Direito à vida em todas as suas manifestações.


Tags: Erner, artigos, textos


Erner Antonio Freitas Machado, é natural de Rosário do Sul, trabalhou no Banco da Província, no Banco da Amazônia e na CRT (Telefonica-BRT).

Escreveu O AZUL PROFUNDO, livro de poesias. Colabora com a FOLHA DO LITORAL, de Capão da Canoa e com diversas mídias eletrônicas, destacando LITORAL MANIA, de Xangri-lá e BLOG DO PAULO NUNES de Vitoria da Conquista -BA.

Está trabalhando na coletânea de Prosa e Poesias de sua autoria que vai publicar, com o nome de NOVOS TEXTOS.

e-mail: ernermachado@gmail.com




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 15.10

  • Dia de Santa Tereza d’Avila
  • Dia do Anjo Ayel
  • Dia do Normalista
  • Dia do Professor