Últimas notícias

Colunistas

RSS
Lua Cheia, (Para o Sérgio Agra, mestre e amigo que o mar me apresentou)

Erner Machado

11.06.2013

Lua Cheia, (Para o Sérgio Agra, mestre e amigo que o mar me apresentou)

Agora neste mês de junho, na noite que é véspera do dia São João, teremos o plenilúnio, ou seja: o momento em que a Lua apresenta-se totalmente cheia constituindo-se em um espetáculo ímpar de grandiosidade, beleza e luz, para quem tem alma e olhos capazes de ver as coisas do céu...

Me lembro que quando eu era guri, lá fronteira, nestas noites, a minha mãe me mostrava a figura de um burrinho carregando a Nossa Senhora e o Menino Jesus que ela me provava aparecer na superfície da Lua.

Eu e meus irmãos ficamos petrificados ante a beleza da lua, da noite e das figuras...

Tantas coisas boas e, algumas nem tanto, eu guardo da minha infância no interior da Pampa e depois, da juventude, na minha cidade. As minhas primeiras aulas no Patronato, o colégio do Padre, a Escola Santa Terezinha, o Plácido de Castro, o Visconde de Mauá, o Bar do Osvaldo, o Banco da Província, os meus amigos, o meu Rio Santa Maria, as pescarias e um ônibus da ABC, saindo da Rodoviária do Seu Adão, numa noite de luar, em novembro de 1970...

São lembranças que não esqueço. Agora, as noites de lua cheia são marcas na minha vida e me levam para um lugar especial onde me refaço e comungo, novamente, com minha mãe, meu pai, minha madrinha, com meu avô e com meus irmãos, que nunca ficam distantes do meu coração e da minha vida. Nunca deixei de olhar a Lua!

Meus filhos cresceram vendo as imagens que eu via...

Hoje, quando estou com o meu neto Arthur, mostro-lhe a lua e falo-lhe do burrinho, da Nossa Senhora e do Menino Jesus, de minha mãe, do meu pai, dos meus irmãos e das noites quentes ou frias da Fronteira...

Espero que quando ele for pai ou avô, se lembre de mim e mostre também, maravilhado, para os seus filhos e netos a figura linda da lua cheia surgindo do horizonte e, soberana, auto emoldurar-se no grande espelho do céu, mandando embora a escuridão e enchendo a noite de luz...


Tags: Erner, artigos, textos


Erner Antonio Freitas Machado, é natural de Rosário do Sul, trabalhou no Banco da Província, no Banco da Amazônia e na CRT (Telefonica-BRT).

Escreveu O AZUL PROFUNDO, livro de poesias. Colabora com a FOLHA DO LITORAL, de Capão da Canoa e com diversas mídias eletrônicas, destacando LITORAL MANIA, de Xangri-lá e BLOG DO PAULO NUNES de Vitoria da Conquista -BA.

Está trabalhando na coletânea de Prosa e Poesias de sua autoria que vai publicar, com o nome de NOVOS TEXTOS.

e-mail: ernermachado@gmail.com




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 18.09

  • Dia de Santa Sofia
  • Dia do Anjo Aniel
  • Dia dos Símbolos Nacionais