Últimas notícias

Colunistas

RSS
Reflexões Domingueiras, sobre Gestão Municipal.

Erner Machado

26.09.2016

Reflexões Domingueiras, sobre Gestão Municipal.

É... Daqui a uma semana estaremos com os hoje candidatos a Prefeito e a Vereadores, transformados, legitimamente, em Suas Excelências os Vereadores e Suas Excelências os Prefeitos, pelo excepcional instrumento democrático do Voto.

Entre eles haverão doutores e analfabetos, haverão os que tem e os que não competência para a Gestão Pública.

Todos os eleitos, no território nacional, são uma amostra extremamente verdadeira da cultura, da ignorância, da abastança e da miséria, as quais estão incrustradas em cada um de nós que formamos a Nação Brasileira.

E no dia primeiro de janeiro de 2017, Suas Excelências, os vereadores e o prefeitos tomarão posse, aprovados e devidamente diplomados, que foram, pela Justiça Eleitoral.

E nós os brasileiros que os elegemos e que somos, na verdade, os responsáveis por suas gestões ficaremos cheio de esperança que um novo tempo se inaugure para os nossos municípios. Lamentavelmente em cada recanto do Brasil a história secular se repetirá e tudo continuará como antes...

As suas excelências os vereadores continuarão, em todo o país, comparecendo à Câmara um dia por semana e as suas excelências os prefeitos, irão à Prefeitura, somente, pela parte da manhã ou da tarde porque afinal, a despeito dos demais trabalhadores, merecem meio expediente.

As suas excelências os vereadores terão direito a Assessores de Gabinete, em número de no mínimo dois, que serão escolhidos entre os que trabalharam para a sua eleição ou algum parente de outra Excelência que, lhe retribuirá o favor na mesma medida e exata proporção.

Suas Excelências os srs. Prefeitos escolherão seus secretários, não por competência e por afinidade profissional com a secretaria que ocuparão, mas por retribuição de favores partidários ou pessoais que, recebidos, contribuíram para a sua eleição.

Não estranhemos, então, que para a Secretaria de Saúde de Conceição do Araguaia, no Pará, ou  de Rosário do Sul, no RS, não seja escolhido um médico, que para a Secretária de Administração não seja escolhido um Administrador, para  as Obras não seja escolhido um Engenheiro ou um Arquiteto, para a Fazenda um Economista ou um Contador e, assim por diante.

Só podemos ter duas certezas: Que, para Consultor Jurídico será escolhido um Advogado para ser conselheiro permanente de  sua Excelência, o prefeito, para que o mesmo não seja pego por algum “seio de laço jurídico”... e que para a Secretaria de  Assistência Social será escolhida a Primeira Dama, não por competência ou por formação adequada , mas porque é esposa de Sua Excelência o Prefeito.

É claro que fiz uma análise genérica e que para toda a generalidade existem as exceções. Tenho certeza que existem, Vereadores e Prefeitos que não se enquadrarão na tipologia contida no meu texto.

Fico na expectativa de que sejam tantas, as exceções, que possam se tornar realidade mudando, no futuro, o curso desta  história e nos fazendo acreditar que novos e melhores tempos haverão de  chegar...

Mas até lá tudo continuará mais ou menos assim....!!!


Tags: Erner Machado, coluna, colunista, artigo


Erner Antonio Freitas Machado, é natural de Rosário do Sul, trabalhou no Banco da Província, no Banco da Amazônia e na CRT (Telefonica-BRT).

Escreveu O AZUL PROFUNDO, livro de poesias. Colabora com a FOLHA DO LITORAL, de Capão da Canoa e com diversas mídias eletrônicas, destacando LITORAL MANIA, de Xangri-lá e BLOG DO PAULO NUNES de Vitoria da Conquista -BA.

Está trabalhando na coletânea de Prosa e Poesias de sua autoria que vai publicar, com o nome de NOVOS TEXTOS.

e-mail: ernermachado@gmail.com




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 17.02

  • Dia de Sete Santos Fundadores dos Servitas
  • Dia do Patrimônio Histórico (Brasil)