Últimas notícias

Colunistas

RSS
Os Caminhos da Esquerda

Erner Machado

16.07.2017

Os Caminhos da Esquerda

Assisti a uma entrevista do sr. Ruy Fausto Professor Emérito da USP e da SORBONNE. A sua formação, resumidamente, é a seguinte: 1956 Graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo; 1960 Graduação em Direito pela Universidade de São Paulo; 1981 Doutorado em Filosofia pela Université Paris  (Panthéon-Sorbonne) Título: Marx: lógica e política Orientador: Jean Toussaint Desanti;1989 Livre-docência pela Universidade de São Paulo Título: Marx: lógica, história.

O Senhor Ruy, é militante da Esquerda e suas ideias e práticas atravessam as fronteiras universais do mundo do pensamento.

Na entrevista fez referência a tópicos de seu Livro CAMINHOS DA ESQUERDA, lançado recentemente no Brasil. Me permito reproduzir parte dos diálogos onde ele fala de Partidos de pessoas e cenários futuros. O faço como um convite responsável, à reflexão dos meus sete ou oito leitores.

PARTIDO DOS TRABALHADORES- A ideia de uma esquerda genuína não tem como se materializar sem uma Autocrítica Severa e verdadeira. Os intelectuais do PT, foram ao longo dos anos, pela desilusão e pelo desencanto abandonando o Partido e o que sobrou como organismo pensante do Partido não teve condições de produzir um Congresso Nacional , do qual saíssem as propostas de retorno às ideias originais mas, acima de tudo um documento no qual mostrasse uma radiografia dos avanços obtidos em termos sociais à Nação  mas que, paralelamente, pedissem desculpas pelos  erros cometidos e punissem os agentes que  a eles deram origem ,expurgando-os do partido. Este expurgo é inevitável independente da gravidade do ato cometido.  O PT, por contradições e por interesses, se voltou contra a sua maior criação que foi a de dar autonomia à Policia Federal para investigar e coibir crimes contra o patrimônio nacional. Isto é um paradoxo. Enquanto o Partido não se passar a limpo não terá legitimidade moral para exigir que o povo assine um cheque em branco concedendo-lhe uma vitória a nível majoritário nas eleições futuras.

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA –É uma das cabeças que deveriam ter pensado o Partido para projetá-lo para o futuro. No entanto, com ele, o PT envelheceu, se tornou monolítico, burocrático, corrupto, populista, demagogo e autoritário. O seu maior erro foi ter, por um lado, se aliado a Direita para governar no plano interno e, por outro, no plano internacional ter aderido as teses bolivarianas de Hugo Chaves. Teria que, igual ao PT, fazer um autocritica severa com relação ao descolamento de sua retórica com suas práticas.

BOULOS- Filósofo, originário da Classe Média Paulista é filho do médico Marcos Boulos Professor da Usp. Sempre dá entrevistas, mas nunca fala de sua vida pessoal. Somente fala sobre políticas urbanas, MTST e da frente de resistência urbana. É um quadro que tem que amadurecer, no tempo, mas tem formação e práticas suficientes para conduzir o PT, para os trilhos originais e obter a legitimidade que precisa perante o Povo.

CIRO GOMES- Por quantos partidos ele já passou? Não tem identidade ideológica. Não tem estatura para postular uma candidatura em nome da Esquerda.

JAIR BOLSONARO –Atingiu seu “ nível de incompetência” elegendo-se deputado Federal. Acima deste estágio será uma tragédia. Não reúne condições de candidato a presidente da república.

A ESQUERDA NA ELEIÇÃO DE 2018- É preciso encontrar um Estadista para ser candidato. Qualificado cultural e historicamente com sério comprometido com as causas sociais que seja capaz de produzir a união da Verdadeira Esquerda Nacional. Este candidato deverá ter um plano de reconstrução nacional antecipadamente discutido com o Povo e do povo obter a sua aprovação. Este candidato não deverá repetir o erro primário de aliar-se a Direita e ser, novamente, traidor do Povo.

SOCIALISMO NOS DIAS ATUAIS- O socialismo é o mais alto grau de desenvolvimento do Ser Humano e que se expressa na máxima dos velhos comunistas franceses “ de todos na medida de suas possibilidades e para todos, na medida de suas necessidades”. O Partido de esquerda que chegar ao poder e esquecer isto pela supressão, através das Ditaduras, da mais alta necessidade que é a Liberdade do Ser Humano, não merece ser chamado de Esquerda e deve ser derrubando do poder, pelo Povo que é o protagonista e titular de todo o Poder.

A entrevista acabou e eu fiquei pensando.... Deixo com vocês, agora a tarefa de, se acharem interessante, pensarem no conteúdo da mesma. Bom Domingo.


Tags: Erner Machado, coluna, colunista, artigo


Erner Antonio Freitas Machado, é natural de Rosário do Sul, trabalhou no Banco da Província, no Banco da Amazônia e na CRT (Telefonica-BRT).

Escreveu O AZUL PROFUNDO, livro de poesias. Colabora com a FOLHA DO LITORAL, de Capão da Canoa e com diversas mídias eletrônicas, destacando LITORAL MANIA, de Xangri-lá e BLOG DO PAULO NUNES de Vitoria da Conquista -BA.

Está trabalhando na coletânea de Prosa e Poesias de sua autoria que vai publicar, com o nome de NOVOS TEXTOS.

e-mail: ernermachado@gmail.com




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 19.11

  • Dia da Bandeira
  • Dia da Caminhada da Bandeira
  • Dia de Santa Matilde de Hackeborn
  • Dia de Santo Abdias
  • Dia do Anjo Haaiah
  • Dia do Cordelista
  • Dia Internacional do Homem
  • Dia Internacional do Xadrez
  • Dia Mundial da Prevenção a Violência Doméstica Contra Crianças e Adolescentes