Últimas notícias

Colunistas

RSS
Copa do Mundo inesquecível

Gilberto Jasper

01.04.2014

Copa do Mundo inesquecível

            A Copa do Mundo bate à porta. A maioria dos brasileiros verá pela primeira vez o maior torneio mundial de futebol em terras brasileiras. Certamente haverá feriados improvisados, comemorações e até protestos violentos, mistura explosiva de um possível fracasso dentro do campo com oportunistas questões sociais. O futebol se presta para quase tudo. Inclusive para a conquista de um título que vai enriquecer muita gente.
            A Copa de 1970 foi a primeira transmitida em cores pela tevê direto do México. Eu tinha 10 anos. Dois momentos ficaram particularmente gravados. O primeiro é a vitória sobre a Inglaterra por 1x0, gol de Jairzinho, fenômeno que marcou gol em todas as partidas daquele Mundial.
            Morávamos no interior de Arroio do Meio. O jogo contra os ingleses foi disputado em 7 de junho de 1970, dia do meu aniversário. Jogo tenso, nervoso, muito disputado. Os preparativos lá em casa começaram cedo. Minha mãe arrumou a casa com esmero. Espalhou cera pelo assoalho de madeira, tirou o pó, preparou um almoço no capricho.
 
oxoxoxoxoxoxoxoxoxoxo
 
            À medida que o jogo contra a Inglaterra se aproximava, mais gente chegava. Quando o juiz apitou o início, 14 pessoas entre familiares, vizinhos e amigos, se espremiam na pequena sala. Tinha gente no sofá, em cadeiras de palha, nas antigas cadeiras preguiçosas e até no chão. As crianças foram acomodadas no primeiro colo vago que aparecia.
            O gol, registrado no segundo tempo, fez explodir de alegria não apenas a nossa casa. O barulho na vizinhança foi ensurdecedor! Todos saíram à rua. As pessoas se abraçavam, gritavam, comemoraram freneticamente. A vitória contra o time da Rainha deixou a certeza da conquista da então Taça Jules Rimet pouco depois.
 
xoxoxoxoxoxoxoxoxoxo
 
            A final da Copa de 70, com a vitória do Brasil por 4x1 sobre a Itália que rendeu o mítico título de primeira seleção tricampeã mundial, virou festa nacional. Depois do jogo, a chuva não impediu o cortejo em que até cachorros e gatos desfilaram sob um foguetório ensurdecedor.  Meu pai organizou a família, vizinhos e conhecidos Todos foram acomodados na carroceria de um caminhão conduzido pelo meu tio, Elemar Schnorr, habilidoso motorista.
O dono do armazém da localidade desovou todo o estoque de foguetes. Mas não houve incidentes, brigas ou depredações. Todos comemoraram até cair a noite. A recém-conquistada Taça Jules Rimet em definitivo – direito obtido pela terceira conquista da Copa do Mundo pelo Brasil – anos depois foi furtada da sede da CBD (hoje CBF), no Rio de Janeiro
            A simplicidade dos festejos, a confraternização em família e amigos, porém, continuam intocados na memória. Com ou sem êxito nesta Copa do Mundo, espera-se que a população lembre que se trata apenas de mais um torneio de futebol. Depois do jogo final, a vida continua.

Tags: Gilberto Jasper, jornalismo, Em Outras Palavras


Gilberto Jasper é jornalista. Trabalhou como repórter nos jornais O Alto Taquari (Arroio do Meio), O Informativo do Vale (Lajeado), Gazeta do Sul (Santa Cruz do Sul) e Zero Hora (Porto Alegre), além das rádios Independente (Lajeado) e Gazeta AM/FM (Santa Cruz do Sul). Como assessor de Imprensa atuou com o ex-secretário da Educação, Bernardo de Souza (Governo Simon), além do Palácio Piratini (Governos Antônio Britto e Germano Rigotto), na Presidência da Assembleia Legislativa do RS (com os deputados Paulo Odone e Frederico Antunes), na Presidência da Câmara de Vereadores de Porto Alegre (vereador Sebastião Melo) e com o deputado federal Osmar Terra. Foi assessor de Imprensa da Presidência do Tribunal de Justiça do RS. Atualmente é coordenador de Comunicação do gabinete do deputado Tiago Simon na AL-RS.

Saído no interior de uma cidadezinha do Vale do Taquari com pouco mais de 5 mil habitantes aos 17 anos me considero um privilegiado por ter feito tantas coisas, por ter conhecido inúmeros lugares interessantes e, acima de tudo, ter tido o privilégio de conviver milhares de pessoas e ter feito valiosos amigos.

Contato:
e-mail: gilbertojasper@gmail.com
Blogger: gilbertojasper.blogspot.com.br




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 18.02

  • Dia de Fra Angelico
  • Dia de Santa Bernardete Soubirous
  • Dia de São Flaviano de Constantinopla
  • Dia de São Teotônio
  • Dia Nacional de Combate ao Alcoolismo