Últimas notícias

Comentários

RSS
13.06.2013 | Opinião

Vontade política

ILS Categoria II

Você sabe o que é vontade política? Vamos tentar entender... Como se não bastasse toda a insegurança que todos nós vivemos quando viajamos de avião nos céus do PATROPI, surgem as questões climáticas que também nos causam insegurança, e muita.

Em Porto Alegre durante um período relativamente grande, no outono e no inverno em especial, nosso “moderníssimo” aeroporto fica fechado por conta do forte nevoeiro.

Isto causa uma série de prejuízos, não só aos passageiros e às companhias aéreas, como também para a economia do país, em especial a Rio Grande do Sul, pois o avião que não decolou aqui é o mesmo que vai pegar outros passageiros Brasil a fora, gerando um “efeito dominó” incalculável.

Mas tudo isto poderia ser evitado e resolvido em até 90% se um “simples equipamento” fosse instalado no Salgado Filho, o tal de ILS Categoria II, o “famigerado” Instrument Landing System.

Ele é um sistema de aproximação por instrumentos que dá uma orientação precisa ao avião que esteja pousando em determinada pista. O ILS Categoria II permite uma aproximação por instrumentos de precisão e pouso com uma altura de decisão e contato visual com a pista suficientemente seguros para operar o Salgado Filho na maior parte das vezes em que ele, atualmente, é obrigado a fechar.

O equipamento permitirá pousos com 30 metros de visibilidade vertical e 400 metros na horizontal. O atual aparelho em uso, o ILS Categoria I, exige visibilidade de 60 metros (vertical) e 800 metros (horizontal).

Mas aliado ao ILS outro equipamento o ALS “Approach Lighting System”, que é o sistema de luzes de aproximação, também deve ser instalado ou renovado. Será que este equipamento também está sendo comprado?

Em 11 de junho de 2007, há exatos seis anos, com o título de Equipamento “encaixotado” resolveria problemas com o nevoeiro no Salgado Filho eu já alertava em meu site sobre este grave problema que até hoje não foi resolvido. A promessa é de que até setembro deste ano o equipamento estará operacional. Será???

Mas e o aumento da pista?

É pessoal, a implantação do ILS Categoria II sempre esteve condicionada ao alongamento da pista de pouso e decolagem, dos atuais 2,28 mil metros para 3,2 mil metros de extensão, coisa que ao que parece ficou para depois da Copa de 2014.

Quem sabe até teremos o ILS Categoria II, mas será que ele vai funcionar como deveria? Segundo informações que obtive junto a experientes pilotos e técnicos da área, a resposta é não.

A ampliação da pista é VITAL, e seu projeto, segue em estudos e sem data para ser concluído. Está só na promessa (eleitoreira) de “quem sabe um dia talvez”.

Será que vamos levar mais seis anos até termos notícia desta ampliação?

Em época de eleições sempre nos diziam que isto acontecia porque o RS não estava alinhado com Brasília.

Pois é, com Tarso aqui e Dilma lá, continuamos sem estradas, aeroportos, obras contra a seca, presídios, saúde, segurança, etc..., etc..., etc... e, principalmente, ETC...

Eu quase ia me esquecendo do “piso dos professores” que a Yeda não pagava por falta de vontade política!

Entenderam agora o que é “VONTADE POLÍTICA”?

P.S: Não esqueçam que a culpa de tudo isso é do FHC, do FMI e do Felipão, se ele não ganhar a copa. Se ganhar, volta tudo a ser como antes no Quartel do Abranches!


Tags: Copa 2014, aeroportos, caos aéreo, aviação, neblina, serração, nevoeiro






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Datas anteriores:

Comemoramos hoje - 18.11

  • Dia da Dedicação das basílicas de São Pedro e São Paulo
  • Dia de Santa Maudez
  • Dia de Santo Edmundo
  • Dia do Anjo Nith-haiah
  • Dia do Conselheiro Tutelar
  • Dia do Tabelião e Registrador