Últimas notícias

Comentários

RSS
05.12.2016 | Opinião

Rumo a Marte I

Arte da nave espacial Inspiration Mars

O mundo vivencia uma crise econômica que acabou atingindo em cheio o Brasil, não como uma “marolinha”, como afirmou certa vez nosso ex-presidente e não sei se ministro ou ex-ministro Luiz Inácio Lula da Silva, mas como algo concreto e contundente, causando danos inimagináveis à nossa economia e tudo o mais relacionado ao nosso desenvolvimento.

Sabemos que muito do que está acontecendo é culpa de muita, mas muita incomPeTência de nossos governos, em especial do governo federal comandado por Dilma Rousseff. Estados e municípios também tem parte nessa culpa, mas sofrem mais pelo efeito dominó vindo de Brasília.

Mas vamos um pouco além dessa crise econômica e política que atinge nosso amado Brasil.

Hoje faço um convite aos nossos leitores a participarem de uma jornada ficcional ao Planeta Vermelho. Essa jornada nada mais é do que uma visão pessoal que tenho de como a história nos ensinou a lidar com adversidades, executar projetos e pensar no futuro de forma planejada, evitando “dar chance ao azar”.

Então vamos lá...

“O espaço, a fronteira final ... estas são as viagens da nave estelar Enterprise, em sua missão de cinco anos, para explorar novos mundos, para pesquisar novas vidas, novas civilizações... Audaciosamente indo onde nenhum homem jamais esteve!”

Esta é a fala de abertura de “Star Trek” - Jornada nas Estrelas, a mais famosa série de ficção científica já idealizada. Gene Roddenberry, seu criador, por certo não imaginou que iria fazer tanto sucesso e influenciaria os costumes e tecnologias que surgiriam décadas depois.

Star Trek tornou-se um ícone, inspiradora para diversos executivos e organizações mundo afora. Essa jornada pelas estrelas incentivou milhares de jovens por todo o planeta a buscarem no conhecimento, na ciência, maneiras de ajudar a humanidade em sua constante evolução.

Gene Roddenberry, um visionário, apresentou ao mundo uma metáfora desenvolvimentista, dando asas à imaginação e criatividade das pessoas, lançando desafios que fascinam gerações.

Essa “semente do bem” apresentou um desafio para levar a humanidade a lugares “onde nenhum homem jamais esteve”.

Isso, necessariamente, não é uma viagem concreta pelo espaço, mas pode até ser. A Missão Marte da Nasa e a Base Lunar da China, são projetos em andamento. Marte está prevista para 2025, já a Base Lunar ao redor de 2020.

Nada disso é ficção, é a mais pura realidade.

A distinção entre fato e ficção começam a desaparecer a cada dia e muito em breve não existirá mais diferença.

Certa vez, em uma entrevista, perguntaram a Stephen Hawking se ele lia com frequência textos de ficção científica. Ele respondeu: “Eu li uma quantidade razoável de ficção científica na minha adolescência. Agora eu escrevo. Com a diferença de que gosto de pensar nela como fato científico”.

Assim penso que é extremamente importante para as organizações com visão de futuro, estarem ligadas nessa rota, nesse rumo, rumo à Marte ou quem sabe um pouco mais distante, rumo à Alpha Centauri.

Repito, isso não quer dizer que todas as organizações devem ir para Marte, para a Lua ou outro lugar distante no espaço. Devemos é seguir o exemplo e buscarmos nosso norte de futuro, garantindo assim a sobrevivência de nossas organizações.

Nossa aventura continua na quarta-feira...


Tags: Tecnologia, Planeta Vermelho, Nasa, Marte, Curiosity, Visão, Missão, economia






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Datas anteriores:

Comemoramos hoje - 22.09

  • Data da Juventude do Brasil
  • Dia da Banana
  • Dia da Defesa da Fauna
  • Dia de São Maurício
  • Dia do Anjo Hahahel
  • Dia do Ciclista
  • Dia do Contador
  • Dia Mundial Cidade sem meu Carro