Últimas notícias

Comentários

RSS
03.03.2017 | Opinião

Vida longa e próspera

Leonard Nimoy como Spock em Star Trek.

Desde piá, quando frequentava as matinés de domingo do antigo Cinema Rio Branco na avenida Protásio Alves em Porto Alegre, a sétima arte me fascinou.

Assisti centenas de filmes no Rio Branco, mas os que mais me entusiasmavam eram os do gênero da ficção científica.

Lembro-me de “O Dia em que a Terra Parou”, onde fui apresentado ao alienígena Klaatu e seu robô Gort. E a invasão alienígena de “A Guerra dos Mundos”, “fascinante”.

E Viagem ao Centro da Terra, outro filme inesquecível. Já o incrível Viagem Fantástica nos leva a uma jornada dentro do corpo humano.

É tanta coisa que poderia ficar escrevendo dias sobre esse tema que muito me fascina.

Mas reservo para o dia de hoje uma lembrança de um personagem que marcou gerações de admiradores do gênero de ficção científica, em especial, os que admiram as viagens espaciais.

Na década de 60, do século passado, surgiu uma série de televisão que retratava esse universo fantástico além de misturar algumas questões sociais da época e o clima da Guerra Fria.

“O espaço, a fronteira final ... estas são as viagens da nave estelar Enterprise, em sua missão de cinco anos, para explorar novos mundos, para pesquisar novas vidas, novas civilizações... Audaciosamente indo onde nenhum homem jamais esteve!”

Esta é a fala de abertura de “Star Trek” - Jornada nas Estrelas, a mais famosa série de ficção já idealizada. Gene Roddenberry, seu criador, por certo não imaginou que esta série de ficção científica iria ter tanto sucesso e influenciaria os costumes e tecnologias que surgiriam décadas depois.

O sucesso de Star Trek é tão grande que surgiram várias outras séries baseadas na ideia original: Star Trek: The Next Generation, Star Trek: Deep Space Nine, Star Trek: Voyager e Star Trek: Enterprise. Também foi criada uma série animada, Star Trek: The Animated Series.

Não perdi nenhum episódio de Jornada nas Estrelas, que é também conhecida como Star Trek: TSO (de a série original). Vi e revi mais de uma dezena de vezes cada episódio e tenho em DVD original as três temporadas da série.

Na sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015, faleceu (ou foi para as estrelas) o ator norte-americano Leonard Simon Nimoy.

Nimoy deu vida ao o Sr. Spock, personagem fundamental na composição da série, suas outras versões e dos longa metragens que se seguiram.

Spock personificava o raciocínio lógico próprio do seu lado Vulcano dominante, sem manifestar emoções.

Na série da década de 60, em um dos episódios (This Side of Paradise), Spock tem um rápido namoro quando seu lado humano é liberado.

Anos mais tarde Leonard Nimoy gravou uma canção chamada "Once I Smiled" (em tradução livre: Uma vez eu sorri), cujo tema era a namorada de seu personagem naquele episódio.

Spock tornou-se um dos mais conhecidos e adorados personagens de Jornada nas Estrelas e representava o lado lógico do trio formado também pelo Capitão James Tiberius Kirk (William Shatner) e o Dr. Leonard H. "Magro" McCoy (DeForest Kelley).


Spock, Kirk e McCoy, na série clássica de Jornada nas Estrelas.

Nimoy dirigiu Jornada nas Estrelas: À Procura de Spock e Jornada nas Estrelas: A Volta para Casa, dois longas da saga que fizeram muito sucesso.


Leonard Nimoy em sua última aparição como Spock em “Além da Escuridão - Star Trek
onde conversa com o “jovem” Spock interpretado pelo ator Zachary Quinto.
Crédito: Paramount Pictures/Divulgação

A última aparição de Nimoy como Spock foi no longa Além da escuridão: Star Trek, de 2013, no qual Nimoy contracenou com a versão mais jovem do seu personagem interpretada atualmente pelo ator Zachary Quinto.


Nimoy como Spock e a sua saudação vulcana: 'Vida longa e próspera'.

O fato é que Star Trek não seria o que é até hoje, não fosse o empenho de Nimoy na composição de seu personagem Spock. Como ele mesmo usava, seu personagem é FASCINANTE.

Certa ocasião num dos episódios da série Spock disse: Sem seguidores, o mal não pode se espalhar. Lógico, não é mesmo?

Leonard Nimoy deixou um legado que muitos podem pensar ser pouco com apenas um só personagem, mas esse personagem é "O PERSONAGEM".

Nimoy com seu Spock possui milhões de fãs ao redor do planeta e, quem sabe, até mesmoonde nenhum homem jamais esteve”.

Como Nimoy dizia, incorporando seu personagem Spock: A lógica é apenas o princípio da sabedoria, e não o seu fim.

Jamais vou esquecer da influência que Spock teve na minha vida, em especial minha paixão pela tecnologia e lógica.

Vida longa e próspera, seja lá onde você estiver.


Tags: Leonard Simon Nimoy, Leonard Nimoy, ficção, série, televisão, Star Trek, Spock, James Kirk, Scotty, Dr. McCoy, Hikaru Sulu, Pavel Chekov, Uhura






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Datas anteriores:

Comemoramos hoje - 22.09

  • Data da Juventude do Brasil
  • Dia da Banana
  • Dia da Defesa da Fauna
  • Dia de São Maurício
  • Dia do Anjo Hahahel
  • Dia do Ciclista
  • Dia do Contador
  • Dia Mundial Cidade sem meu Carro