Últimas notícias

Comentários

RSS
08.03.2017 | Opinião

Rosebud II

Orson Welles interpretando Charles Foster Kane e cena clássica do filme Cidadão Kane

Na segunda-feira eu lembrei que só quem viveu durante regimes autoritários valoriza o quão importante é viver num Estado Democrático de Direito e com uma imprensa livre, onde todos possam manifestar suas opiniões.

Lembrei um fato histórico de que a primeira vítima numa guerra, numa ditadura, ou na tentativa de manipular os fatos, é a VERDADE.

A manipulação da mídia é uma forma ditatorial de imposição e pode ser executada pelo poder das armas ou o econômico.

Paul Joseph Goebbels, ministro do Povo e da Propaganda (Propagandaminister) de Adolf Hitler na Alemanha Nazista, exercia severo controle sobre as instituições educacionais e os meios de comunicação. É dele a famosa frase:

Uma mentira cem vezes dita, torna-se verdade”.

Aqui no PATROPI e em outras republiquetas mundo afora, não poderia ser muito diferente. Os agora “apeados do poder”, quando ocupavam o poder maior da república, seguiam a “Escola de Goebbels”, mas não muito diferente do que fazem agora de volta à oposição (será???), onde usam de todos os artifícios e mentiras para “convencer” seus pontos de vista.

Mentir sem nenhum pudor virou arma de propaganda de todas as ideologias.

Os governos, em especial o modelo lulopetista, utilizam de todo tipo de expediente a fim de falsear a verdade e reescrever a história. Isso é um fato inconteste e está na cartilha corruPTocrata que sempre busca desqualificar os adversários, sejam eles quais forem. Qualquer um que ousar ter opinião contrária é execrado e desqualificado, se ficarem só por aí.

Mas vamos em frente...

Seguindo meu raciocínio democrata e pluralista, reconheço que muitas vezes os grupos de comunicação em nosso país extrapolaram o sentido jornalístico da verdade e opinião clara em proveito próprio, utilizando-se de seu poderio para “manipular” os fatos a seu favor. Aliás, este tipo de atitude não é exclusividade de grupos de comunicação tupiniquins.

Vale lembrar o filme de 1941 dirigido por Orson Welles, Cidadão Kane (Citizen Kane), supostamente baseado na vida do magnata do jornalismo William Randolph Hearst. O filme é considerado uma das obras-primas da história do cinema, sendo particularmente elogiado por sua inovação na música, fotografia e estrutura narrativa, além de der apontado como o melhor filme da história.

Sexta-feira vamos além de Cidadão Kane...


Tags: Rosebud, Cidadão Kane, filme, verdade, manipulação, petralhas, Wikileaks






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Datas anteriores:

Comemoramos hoje - 23.10

  • Dia da Aerofilatelia
  • Dia da Aviação e do Aviador
  • Dia de São Severino
  • Dia do Anjo Mumiah