Últimas notícias

Comentários

RSS
10.04.2017 | Opinião

Rumo à Coreia do Norte

O porta-aviões USS Carl Vinson, e sua frota de apoio em exercício no Oceano Pacífico (Foto: Matt Brown / US Navy / via AFP Photo)

Nos últimos dias a temperatura subiu nas relações entre o Kremlin e a Casa Branca. Alguns chegaram a dizer que isso era “jogada ensaiada” para mostrar que Trump e Putin não jogam no mesmo time, para afastar as investigações da relação do governo russo com possíveis manipulações das últimas eleições nos Estados Unidos.

Logo após o ataque norte-americano à Síria, o governo russo fez fortes protestos e foram enviados navios russos para o Mar Mediterrâneo, bem próximos onde está a frota norte-americana que atacou uma base aérea Síria.

Nesse domingo, a Sala de Operações Conjuntas de Rússia e Irã e das Forças Aliadas na Síria advertiu que os dois países estão prontos para responder a qualquer agressão à Síria.

Estamos preparados para responder a qualquer agressão ou transgressão das linhas vermelhas por parte de qualquer um. Os Estados Unidos conhecem bem nossas capacidades de resposta”.

Mesmo com “esse calor” gerado pelo ataque norte-americano, não acredito que a atitude de Trump vai mudar, pelo menos por enquanto.

O Irã não é páreo para os norte-americanos. Já a Rússia, tenho minhas dúvidas de até onde Vladimir Putin possa ir. Ele já “avançou o sinal” diversas vezes, como na Intervenção militar da Rússia na Ucrânia e na Criméia. Obama se fez de “morto”, berrou um pouquinho, e deixou tudo como estava, com algumas sanções que em quase nada prejudicaram realmente os russos.

Trump está jogando e quer ver até onde seus adversários podem ou querem ir.

Na minha coluna de sexta-feira “O estilo Trump” eu já alertava que o próximo alvo seria a Coreia do Norte de Kim Jong-um.

Dito e feito...

Donald Trump, advertiu o presidente chinês, Xi Jinping, de que pode agir por sua conta na Coreia do Norte.

Trump ordenou que o porta-aviões USS Carl Vinson e seu grupo de ataque se dirijam à Coreia do Norte, num movimento de demonstração de força após novas provocações do regime de Kim Jong-un.

As cartas estão na mesa.

Agora é ver como os jogadores vão se comportar.

Trump começa a mostrar seu estilo de jogo...


Tags: Trump, Síria, Bashar al-Assad, Coreia do Norte, Kim Jong-un, Rússia, Irã






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Datas anteriores:

Comemoramos hoje - 25.06

  • Dia da Agricultura
  • Dia de São Máximo de Turim
  • Dia de Salomão da Bretanha
  • Dia de São Guilherme
  • Dia do Anjo Nith-haiah
  • Dia do Cotonete
  • Dia do Imigrante
  • Dia do Quilo