Últimas notícias

Esportes

RSS
13.11.2017 | Tênis

Federer comemora estreia no Finals e brinca com lance curioso de Sock

Roger Federer busca seu sétimo título no Finals, o oitavo na temporada (Foto: Adrian Dennis/AFP)

Número dois do mundo, Roger Federer estreou com o pé direito no ATP Finals. Em busca de seu sétimo título no torneio, o suíço venceu, neste domingo, o estadunidense Jack Sock sem muitas dificuldades por 2 sets 0. Após a partida, Federer comemorou o triunfo e destacou a importância de começar a competição com um bom resultado.

“É preciso ganhar o primeiro jogo do Finals, não dá para perder. Melhor ainda se for em dois sets. É um começo muito bom para mim no torneio. Tirei um período de descanso depois de Basel. Todo mundo vai jogando melhor ao longo da competição, então é bom começar assim. Isso me dá confiança. Continuo no embalo após (os títulos) Xangai e Basel. Estou muito feliz com esse primeiro jogo”, celebrou.

Após o título no ATP 500 de Basel, Federer decidiu não disputar o Masters 1000 de Paris na semana seguinte para poder se recuperar fisicamente à tempo do Finals. Perguntado sobre sua atual condição física, o suíço afirmou que está se sentindo bem e que fez a melhor em escolha em desistir da competição na França.

“Demorou um tempo para me recuperar, para ser honesto. Eu tive uma semana bem leve durante (Masters 1000) de Bercy. E mesmo nesta semana, com exceção do jogo de exibição contra Andy Murray em Glasgow, os treinamentos não foram muito intensos. Sexta-feria e sábado foram os dias mais intensos. Então, estou muito contente com a energia que tive na quadra hoje. Não me sentia tão bem desde a final contra Del Potro na Basileia. Fico feliz por não ter pago o preço por escolher descansar”, comentou.

O número dois do mundo também brincou com um lance da partida deste domingo contra Jack Sock. No segundo set, o estadunidense subiu à rede e não executou bem a direita. Vendido no ponto, virou as costas e mostrou o bumbum para Federer. O suíço tinha o ponto dominado, porém errou de forma incrível, a bola bateu na fita e não passou. Sock não acreditou no viu e ambos os tenistas reagiram com muito bom humor.

“Foi uma grande distração. Digo isso, porque é muito grande (o bumbum de Sock). Deveria ter mirado e jogado lá. Esse alvo era maior que a linha que tinha na minha frente”, brincou às gargalhadas.

Por fim, Federer comentou sobre o troféu de melhor tenista do ano recebido por Rafael Nadal neste domingo e sobre não ter podido brigar pelo número um do ranking até o final: “Todos nós tenistas jogamos por essa possibilidade. Ele foi melhor no decorrer do ano. Jogou mais torneios e sua jornada foi incrivelmente bem-sucedida. Não me arrependo de nada. Ele teve mais combustível no tanque do que eu. Não pude jogar tudo que queria. Só me dói não ter podido avançar mais em Montreal, Cincinnati e Aberto dos Estados Unidos. Ali o Rafa ganhou e tudo acabou. De certa forma, estou feliz por ele, porque ele merece. E assim posso focar no torneio e não tenho que falar sobre a questão do ranking”.

Fonte: Gazeta Esportiva.net


Tags: Tênis, tenista, Copa Davis, Wimbledon, Roland-Garros, Finals, Roger Federer





Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Datas anteriores:

Relacionadas

Comemoramos hoje - 18.11

  • Dia da Dedicação das basílicas de São Pedro e São Paulo
  • Dia de Santa Maudez
  • Dia de Santo Edmundo
  • Dia do Anjo Nith-haiah
  • Dia do Conselheiro Tutelar
  • Dia do Tabelião e Registrador