Últimas notícias

Esportes

RSS
19.01.2018 | Tênis

Djokovic reclama de condições climáticas no Aberto da Austrália

Djokovic é hexacampeão do Aberto da Austrália (Foto: Greg Wood/AFP)

Nesta quinta-feira, Novak Djokovic precisou driblar o forte calor e o sol para avançar no Aberto da Austrália. O sérvio venceu Gael Monfils pela segunda rodada do torneio, mas se mostrou descontente com a situação. O tenista reclamou dos organizadores e disse que espera vê-los mais abertos para ouvir as opiniões dos jogadores.

“Sei que um profissional deve estar apto jogar e ser capaz de enfrentar condições difíceis, mas tem que haver um limite quando há um potencial risco para a saúde. Existe uma regra sobre o índice, uma combinação entre temperatura e umidade. Não tenho tanta certeza sobre isso, para ser honesto. Mas tem certos dias em que é preciso, como supervisor de torneio, reconhecer que você precisará dar aos jogadores algumas horas a mais de descanso antes de entrar em quadra”, avaliou após a partida.

Djoko seguiu criticando os organizadores e disparou contra o que chamou de “indústria do tênis”. “Entendo que há um fator dos ingressos e se você não jogar as pessoas ficarão insatisfeitas. Mas você deve levar em consideração diferentes aspectos antes de montar uma programação assim. Você deve entender o que o jogador passa. Somos parte de uma indústria que está apenas adicionando eventos. Não há indícios de que tenhamos alguma forma de discussão para uma temporada mais curta ou qualquer coisa assim. Estamos apenas adicionando eventos oficiais e não oficiais”, acrescentou.

Desde quando foi divulgada a ordem das partidas, foi dito na imprensa e nas redes sociais que o sérvio havia escolhido atuar nesse horário, hipótese descartada pelo próprio tenista. “Se eu solicitei? Não. Mas estava tudo bem para mim com qualquer horário que colocassem meu jogo”.


Gael Monfils também sofreu com o calor na partida desta quinta-feira (Foto: Greg Wood/AFP)

Durante a partida, Djokovic foi advertido pelo árbitro John Blum por exceder o limite de 25 segundos para sacar. No entanto, o ex-número um do mundo disse compreender a situação: “Quando você enfrenta essas condições, você precisa esperar. A advertência foi justa, o árbitro estava certo e fez o trabalho dele. Ele lidou muito bem com a situação. Disse a ele que estava completamente certo. Eu respeito isso. Ele nos tolerou algumas vezes e realmente participou da partida. Mostrou que entende o jogo”.

Adversário do sérvio, Monfils também reclamou das dificuldades de jogar em um dia ão quente: “Eu estava morrendo em quadra por 40 minutos. Estava muito quente e difícil de respirar. Acho que foram as condições mais difíceis que eu já joguei. Tentei baixar minha temperatura, mas mesmo com toalha de gelo ou bebendo água, meu corpo estava super quente”.

Fonte: Gazeta Esportiva.net


Tags: Tênis, tenista, Copa Davis, Wimbledon, Roland-Garros, Aberto da Austrália, Novak Djokovic





Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Datas anteriores:

Relacionadas

Comemoramos hoje - 24.06

  • Dia das Empresas Gráficas
  • Dia de São João
  • Dia do Anjo Haheuiah
  • Dia do Caboclo
  • Dia do Observador Aéreo
  • Dia Internacional do Disco voador
  • Dia Internacional do Leite
  • Festa de São João Batista - Porto Alegre