Últimas notícias

Esportes

RSS
09.02.2018 | Futebol

Coutinho marca pela primeira vez, Mina estreia e Barça vai à final

Um dos mais caros da história do futebol, vindo do Liverpool, Coutinho marcou seu primeiro gol pelo Barça (Foto: Jose Jordan/AFP)

O gol enfim saiu. E a classificação para a final da Copa do Rei também. Nesta quinta-feira, Philippe Coutinho balançou as redes pela primeira vez com a camisa do Barcelona, que derrotou o Valencia pelo placar de 2 a 0, em partida de volta das semifinais do torneio espanhol, garantindo uma vaga no confronto decisivo da disputa. Rakitic marcou o outro tento catalão no duelo, disputado no Estádio Mestalla e que deixou o Barcelona mais perto da conquista de sua trigésima Copa do Rei.

A tão aguardada estreia de Yerri Mina como titular pelo Barcelona não aconteceu na partida. Vivendo a expectativa de enfim debutar com o uniforme catalão, o ex-Palmeiras viu Piqué se recuperar plenamente de lesão no joelho e ser indicado por Ernesto Valverde para iniciar o confronto como titular. Entretanto, o zagueiro colombiano entrou na reta final do duelo e enfim estreou.

Além disso, os brasileiros Paulinho e o próprio Coutinho iniciaram o confronto do banco de reservas. Entretanto, o ex-jogador do Liverpool entrou logo no intervalo no lugar de André Gomes, marcando o primeiro gol do duelo, enquanto o volante substituiu o ídolo Iniesta.

O Barcelona enfrenta o Sevilla na grande final da Copa do Rei, marcada para o dia 21 de abril, um sábado. A equipe espanhola desbancou a surpresa Leganés na última quarta-feira, pelo placar de 2 a 0, e selou sua classificação para sua nona final do torneio, visando a conquista do sexto título.

O jogo – Mesmo em vantagem para a semifinal, foi o Barcelona que desde o início da partida ditava o ritmo do confronto, sendo superior na posse de bola, mas vendo o adversário ser melhor no aproveitamento das finalizações. Enquanto os blaugranas apostavam em seu principal fundamento, o Valencia buscava responder com ataques diretos e rápidos.

O principal nome da equipe da casa na etapa inicial foi Rodrigo. O atacante brasileiro naturalizado espanhol teve duas boas chances de inaugurar o marcador: aos 13 minutos, aproveitou cruzamento na medida de Gayá e cabeceou forte, mas a bola explodiu no travessão. Depois, aproveitou ajuda de Zaza e chutou firme, mas parou na defesa do goleiro Cillessen.

Pelo lado do Barça, o destaque absoluto foi Lionel Messi. O argentino teve igualmente duas oportunidades de abrir o placar: em cobrança de falta logo no início da partida, exigiu uma ponte de Jaume, que espalmou e evitou o tento em linda defesa. Perto dos trinta minutos, bateu de fora da área, colocado, com a bola passando perto da trave. Além das finalizações, o camisa 10 comandava o ataque catalão.

No segundo tempo, a entrada de Philippe Coutinho no intervalo mudou o jogo. Logo na primeira finalização do período, o brasileiro não desperdiçou bela jogada de Luis Suárez pela esquerda e, aproveitando cruzamento do uruguaio, finalizou para o fundo das redes, marcando seu primeiro gol com a camisa do Barcelona e colocando a equipe blaugrana em ótima posição para avançar à final.

A boa atuação de Luis Suárez na etapa final também ajudou os catalães a conquistar a vaga na final da competição. O uruguaio, além de dar a assistência para Coutinho, passou a participar mais do confronto, tendo chances de marcar o segundo e deixando Messi em boas condições para balançar o fundo das redes em outra oportunidade.

No restante do período, o Barça contou com a eficiência de sua própria estratégia, de diminuir a intensidade e cozinhar a partida, para sair com a classificação à final. O Valencia chegou a ameaçar, após Gayá aproveitar linda jogada individual de Guedes e finalizar perto do gol. Entretanto, o goleiro Cillessen fez bela defesa à queima-roupa e evitou o tento dos donos da casa.

Suárez voltou a ser garçom na reta final do duelo: o atacante aproveitou erro de Gabriel Paulista e serviu o croata Rakitic, que marcou o segundo gol do Barça e sacramentou a classificação dos catalães para a final, dando números finais à partida.

Fonte: Gazeta Esportiva.net


Tags: Barcelona, Barça, Futebol, Futebol Espanhol, Futebol Internacional, Notícias, Valencia, Coutinho





Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Datas anteriores:

Relacionadas

Comemoramos hoje - 17.02

  • Dia de Sete Santos Fundadores dos Servitas
  • Dia do Patrimônio Histórico (Brasil)