Últimas notícias

Destaque Esportivo

RSS
10.08.2018 | Esporte

Parceiros do EI se mostram surpresos com fim do canal

EI começaria a transmitir os jogos do Brasileirão a partir de 2019 (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

O futebol brasileiro foi surpreendido nesta quinta-feira. O Esporte Interativo anunciou que irá sair do ar e as equipes parceiras do canal para a transmissão do Campeonato Brasileiro a partir de 2019 até 2024 se mostraram surpresas com a notícia e estão estudando como irão agir.

“Sem comentário, sem comentário. Não tenho nada o que dizer porque nós vamos estudar o assunto. Fomos pegos de surpresa e não tenho nenhuma observação”, declarou Mario Celso Petraglia, presidente do conselho deliberativo do Atlético-PR, à Gazeta Esportiva.

“Todos fomos pegos de surpresa. Lamentamos profundamente a notícia dada a importância da emissora para o mercado, seu caráter inovador com campeonato do Nordeste, pioneirismo no on demand, qualidade de seus profissionais. Em relação ao nosso contrato em vigência, a questão está sendo analisada pelo departamento jurídico sendo prematura qualquer declaração sobre rumos ou medidas a serem tomadas pelo clube”, informou o Santos por meio de comunicado oficial.

O Palmeiras, a exemplo dos outros clubes, tomou conhecimento do assunto apenas nesta quinta-feira. O clube presidido por Maurício Galiotte, portanto, ainda está estudando as implicações do ocorrido sobre a relação contratual com o Esporte Interativo.

Em entrevista à Folha de S. Paulo, Guilherme Bellintani, presidente do Bahia, falou em rescisão de contrato. “Fomos pegos totalmente de surpresa… se forem confirmadas as informações prévias que temos, somados aos problemas contratuais que já estavam identificados, o Bahia vai buscar a rescisão do contrato via arbitragem e até via judicial. Entendemos que virou muito diferente do que foi proposto inicialmente e vamos buscar a rescisão”, declarou.

O Esporte Interativo tem contrato com sete equipes que estão na Série A e mais sete que estão na Série B. São elas: Atlético-PR, Bahia, Ceará, Internacional, Palmeiras, Paraná, Santos, Coritiba, Criciúma, Fortaleza, Guarani, Paysandu, Ponte Preta e Sampaio Corrêa.

Confira o comunicado do Esporte Interativo sobre o fim do canal:

A Turner, agora uma afiliada AT&T, anunciou hoje que migrará a sua principal programação de futebol para as marcas TNT e Space, criando os primeiros superstations para o Brasil. A Turner transmitirá a Série A do Campeonato Brasileiro, a partir de 2019 e pelos próximos seis anos; e continuará comprometida com a Liga dos Campeões da UEFA por mais três temporadas, a partir de agosto de 2018.

Os canais Esporte Interativo, bem como suas atividades de produção, serão desativados nos próximos 40 dias. A Turner se concentrará em reforçar ainda mais as marcas já estabelecidas TNT e Space. O superstation é um modelo de nos Estados Unidos e a Turner está confiante de que o mesmo acontecerá no Brasil”.

Fonte: Gazeta Esportiva.net


Tags: EI, Esporte Interativo, Televisão, canal à cabo





Opinião do internauta

Deixe sua opinião

DESTAQUES ANTERIORES

Datas anteriores:

Relacionadas

Comemoramos hoje - 19.12

  • Dia das Apaes
  • Dia de Santo Urbano V
  • Dia do Atleta Profissional