Últimas notícias

Hoje na história

RSS
15 de Fevereiro de 2007.

Rússia pode abandonar o INF, tratado para a eliminação de mísseis de alcance intermediário


O chefe do Estado-Maior do Exército russo, Yuri Baluyevski, advertiu que a Rússia considera a possibilidade de abandonar o tratado de eliminação de mísseis nucleares de médio e curto alcance (INF) assinado em 1987 por URSS e EUA.

A rescisão do tratado de desarmamento seria a primeira resposta assimétrica adiantada recentemente pelo presidente russo, Vladimir Putin, à política militar e de segurança dos EUA e da Otan na Europa.

O general afirmou que a Rússia observará quais serão os próximos passos da parte americana. O que os EUA estão fazendo agora, ao estabelecer um terceiro setor posicional do escudo antimísseis na Europa, não tem explicação, declarou.

A Rússia afirma que os planos de Washington de instalar na Polônia e na República Tcheca elementos estratégicos de defesa, os primeiros componentes na Europa do Sistema Nacional de Defesa Antimísseis (NMD, sigla em inglês), representam uma ameaça direta para sua segurança nacional.

Segundo o Pentágono, o sistema tem o objetivo de neutralizar as intenções de certos países - como Irã e Coreia do Norte - e de organizações terroristas de desenvolverem mísseis balísticos que ameacem o território dos EUA ou de seus aliados.


Tags: mísseis, Reagan, Gorbachov






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 17.02

  • Dia de Sete Santos Fundadores dos Servitas
  • Dia do Patrimônio Histórico (Brasil)