Últimas notícias

Hoje na história

RSS
08 de junho de 1964.

Ex-presidente Juscelino Kubitschek, o JK, é cassado pelo regime militar


No dia 26 de maio de 1964, um emissário do então Ministro da Guerra procurou o ex-presidente JK, no Rio, e lhe pediu, dramaticamente, que desistisse da candidatura a presidência em 1965, para o bem do Brasil e para seu próprio bem. Juscelino não aceitou. Em 8 de junho de 1964 veio a cassação.


Tão logo foi cassado pelo regime militar, a 8 de junho de 1964, JK divulgou uma nota em que dizia:
No instante em que a iniqüidade se consuma e me obriga ao silêncio – cassando-me o mandato de senador conferido pelo bravo povo goiano e retirando-me os direitos políticos –, quero pedir aos brasileiros que não se deixem um só momento impressionar com as calúnias e as mentiras que os inimigos jurados da democracia certamente hão de continuar atirando sobre mim. Saibam os brasileiros que daqui por diante só não lhes falarei, e só não me defenderei, se fizerem silenciar a minha voz. [...] Minha atitude diante da agressão a que me submetem é de serena tranqüilidade. Sei que o tempo confundirá os meus inimigos gratuitos, sufocará os ódios e restaurará a justiça e o sentimento de grandeza.


Tags: JK, Juscelino, cassação






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 09.07

  • Dia da Revolução e do Soldado Constitucionalista
  • Dia de Santa Paulina
  • Dia do Anjo Rehael
  • Dia do Protético