Últimas notícias

Hoje na história

RSS
24 de março de 1997.

Morre Walter Clark, o maior responsável pela criação do 'Padrão Globo de Qualidade', 'a cara', a estrutura de programação que a Rede Globo de Televisão possui

Walter Clark

Walter Clark Bueno (São Paulo, 14 de julho de 1936 - Rio de Janeiro, 24 de março de 1997) foi um importante produtor e executivo da TV brasileira.

Começou a trabalhar com comunicação aos 16 anos na Rádio Tamoyo, no Rio de Janeiro. Em 1956, foi para a TV Rio, onde ficou até 1965, para ser diretor-geral da Rede Globo, na época com menos de um ano de existência e muito longe de ser a potência que é hoje.

É talvez o maior responsável pela cara que adquiriu a emissora ao longo de sua existência, aquilo a que se convencionou chamar de “Padrão Globo de Qualidade”. Levou para a Globo a noção de continuidade - uma atração puxa a outra - criando o esquema novela das sete - Jornal Nacional - novela das oito. Está noção foi criada no Brasil pela TV Excelsior segundo informação contida no livro Glória In Excelsior de autoria de Álvaro de Moya. Walter criou vários programas, como o Fantástico e o Globo Repórter.

Clark também foi responsável pela contratação de José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, que por muitos anos formava com ele a dupla Boni e Clark, alusão à dupla do cinema Bonnie e Clyde. Quando foi demitido, em 1977, Boni assumiu o seu lugar. Clark nunca escondeu que se sentiu traído por ele.

Depois de sair da Globo, trabalhou na Bandeirantes (1981 a 1982), voltou à TV Rio (1988) e foi presidente da Fundação Roquette Pinto (1991 a 1992). No seu currículo, consta ainda uma passagem pelo Clube de Regatas do Flamengo, do qual foi vice-presidente à época da conquista do Mundial de Clubes, em 1981. Em 1991, publicou sua autobiografia, O Campeão de Audiência, em parceria com o jornalista e crítico Gabriel Priolli. Também foi um breve produtor de cinema, produzindo poucos, mas relevantes filmes como “A Estrela Sobe” (1974), de Bruno Barreto e “Guerra Conjugal” (1975), de Joaquim Pedro de Andrade, ambos em associação com Luiz Carlos Barreto e “Eu Te Amo” (1980), de Arnaldo Jabor.

Clark casou-se quatro vezes (inclusive com as atrizes Ilka Soares e Sandra Bréa) e teve cinco filhos - com cinco mulheres diferentes. Homem poderoso e galanteador, conhecida figura da noite carioca, namorou, entre tantas, Dina Sfat e Sônia Braga. Para esta, produziu em 1981 o filme “Eu te Amo”, com cenas gravadas no apartamento cinematográfico onde morava. Alguns afirmam que a neurótica história de amor e sedução contada no filme seria a verdadeira história do romance entre Clark e Sônia (com Paulo César Pereio o interpretando).

Teve problemas com o alcoolismo (dizem que esta foi a causa de sua demissão na Rede Globo) e faleceu de infarto em 1997, aos 60 anos.

Ele disse, numa entrevista à revista “Isto É” que não foi publicada, que Roberto Marinho me entregou a Globo em estado pré-falimentar e eu disse a ele: “Vou construir um império que vai sobreviver a mim e ao senhor”. Com a morte de Roberto Marinho em 2003, sua profecia se realizou.

Participou do polêmico documentário “Muito Além do Cidadão Kane” (1993), produzido para a televisão britânica e proibido no Brasil pelas Organizações Globo, uma obra que expõe as relações promíscuas da Rede Globo com o governo e com a sociedade. Ele analisa de forma franca e crítica a sua participação na emissora e a postura de seus ex-patrões. Numa das falas mais interessantes do filme, Walter, ao ser indagado se Roberto Marinho pode ser considerado um Cidadão Kane, diz: Eu acho só que ele não tem um Rosebud .

Apesar de ter se casado quatro vezes, tendo cinco filhos, foi aprisionado nesse fantasma da solidão que ele morreu em 1997. Clark acabou vítima, aos sessenta anos, de uma forte hipertensão, que ocasionou seu infarto. Morreu em seu luxuoso apartamento, num bairro caro do Rio.

No dia 13 de maio de 2007 foi lembrado pelo programa “Fantástico” no quadro “Memória Eletrônica”.


Tags: Kane, Marinho, Globo, Jornal Nacional, Rede Globo, Boni, Fantástico, Walter Clark Bueno, Walter Clark






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 09.12

  • Dia de Santa Joana Francisca de Chantal
  • Dia de Santa Leocádia
  • Dia do Alcoólico Recuperado
  • Dia do Cronista
  • Dia do Profissional da Culinária
  • Dia Internacional contra a Corrupção
  • Dia Nacional do Fonoaudiólogo