Últimas notícias

Hoje na história

RSS
15 de dezembro de 2007.

Morre Ryan Gracie, lutador brasileiro, em circunstâncias até hoje não muito bem esclarecidas


Ryan Gracie (Rio de Janeiro, 14 de agosto de 1974 - São Paulo, 15 de dezembro de 2007), foi um lutador brasileiro de Jiu-Jitsu. Ryan era membro da família Gracie e neto de Carlos Gracie, um dos criadores do Brazilian Jiu-Jítsu.

Ganhou cinco lutas no evento PRIDE, a Copa Company McDonald’s de Judô, o Panamericano de Jiu-Jitsu em 1997, o Campeonato Brasileiro de 1997 e o Campeonato Sem Quimono.

Ryan Gracie foi preso em 14 de dezembro de 2007, após ter roubado um carro e tentado roubar uma moto. Segundo o delegado, o lutador foi medicado e dopado no local e demonstrou tranqüilidade. No dia 15 de dezembro, foi encontrado morto na delegacia

De acordo com a policia e os familiares, Ryan era uma pessoa de gênio bastante difícil, tendo sido preso diversas vezes.

Em março de 2000, Gracie ficou dezoito dias preso no Rio de Janeiro, sua cidade natal, acusado de esfaquear um estudante durante uma briga que destruiu uma casa de festas na Barra da Tijuca.

Em 2005, foi preso em São Paulo, acusado de agredir fisicamente um policial civil e xingar uma delegada dentro do 78º DP, nos Jardins. Ryan também era envolvido com drogas.


Tags: Luta, briga, Jiu-Jítsu






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 26.06

  • Dia de São João e São Paulo
  • Dia do Anjo Haaiah
  • Dia Internacional sobre o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas