Últimas notícias

Hoje na história

RSS
10 de junho de 1521.

Os índios destroem as Missões de Cumaná, na Venezuela


A história das Missões de Cumaná remonta a agosto de 1498, quando Cristóvão Colombo ancorou sues navios na península de Paria, que o almirante achou tratar-se de uma ilha, denominando-a de Terra de Gracia.

Em seguida descobriu a ilha Margarita. Em 1499 Alonso de Ojeda navegou ao longo do mar do Caribe até o lago Maracaibo.

Inicialmente, os espanhóis não quiseram apoderar-se da terra firme, pois a pesca da pérola em algumas ilhas próximas à costa nordeste era mais lucrativa. O interesse decaiu com o esgotamento das ostreiras perlíferas, e o impulso colonizador se deslocou então para oeste, em direção a Caracas e Coro.

O primeiro estabelecimento permanente espanhol foi Cumaná na Venezuela, fundada em 1523. Durante vários anos, até 1546, se sucederam infrutíferas expedições espanholas pelo interior em busca de pedras preciosas.

No local habitado pelos índios Cumaná, fundou-se as Missões de Cumaná, que era uma série de igrejas católicas, cuja a função era catequizar o povo Cumaná, habitantes da região.

Tags: Cumaná, missões, índios, Cristóvão Colombo






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 03.04

  • Dia de Santo Luís Scrosoppi
  • Dia de Santo Ricardo
  • Dia de Santo Xisto I
  • Dia de São Ricardo de Chichester
  • Dia do Atuário
  • Pessach (Festa Judaica)