Últimas notícias

Hoje na história

RSS
05 de fevereiro de 1971.

O módulo lunar da missão Apollo 14 aterrissa na Lua

O Módulo Lunar Antares na Lua

A Apollo 14 foi o terceiro pouso de uma nave na Lua e a missão do Projeto Apollo que teve a tarefa de recomeçar as missões para o satélite, após os problemas ocorridos com a Apollo 13. Foi comandada por Alan Shepard, o primeiro norte-americano a ir ao espaço, dez anos depois de sua viagem pioneira do Projeto Mercury e visitou a região de Fra Mauro, um planalto lunar, objetivo da missão anterior abortada.

A Apollo 14 foi lançada às 21:03:02 UTC do Cabo Kennedy em 31 de janeiro de 1971. O retorno à terra ocorreu às 21:05:00 UTC em 5 de fevereiro de 1971.

Tripulação


Esq. p/ dir: Roosa, Shepard, Mitchell.

O pouso em Fra Mauro

O acidente com a Apollo 13 causou um adiamento de apenas quatro meses em relação à data anteriormente prevista para a missão seguinte. A Apollo 14 foi lançada em 31 de janeiro de 1971 e quatro dias depois, o comandante Alan Shepard, veterano dos primórdios da NASA e do Projeto Mercury e participante do primeiro voo sub-orbital americano, e o piloto do módulo lunar Antares Edgar Mitchell, pousaram na região escolhida de Fra Mauro as 09:18:11 UTC em 5 de fevereiro de 1971.


Alan Shepard em Fra Mauro.

A alunissagem do módulo Antares não foi das mais tranquilas, pois a área de Fra Mauro era coalhada de crateras e seu solo era inclinado, em qualquer direção que se olhasse. De qualquer maneira, a perícia de Shepard fez com que a nave pousasse numa cratera quase plana, nos padrões do tamanho do módulo lunar e que estava a apenas 30 metros do alvo exato pré-determinado. O único problema com o ponto em que o Antares pousou, é que nele havia uma inclinação de cerca de 8º o que fez com que, nas 24 horas em que eles permaneceram dentro do módulo, das 33 horas totais em que passaram na Lua, Shepard e Mitchell tiveram que lutar contra um chão inclinado, que ameaçava emborcar um sobre outro. Mais ainda, a inclinação contribuiu para uma noite sem sono entre as duas saídas da tripulação; por outro lado, a posição do ML não teve nenhum efeito na missão. Ninguém ainda havia dado uma boa dormida na Lua e Shepard e Mitchell não foram exceções. Mas eles estavam no chão, virtualmente no alvo, extremamente motivados e em grande forma física e mental.


O Módulo Antares na Lua.

Cerca de três horas após a alunissagem – após reconfigurar o ML para a partida e tirar algum tempo para comer e passar adiante algumas descrições excelentes da vista do lado de fora da janela – os dois tripulantes começaram a vestir suas roupas pressurizadas e mochilas de oxigênio, ficando prontos, como Shepard disse, 'para sair e brincar na neve'. A imagem mental veio facilmente. Do lado de fora da janela, as macias e arredondadas formas das crateras tinham uma aparência de solo coberto de neve, apesar da cor não ser exatamente igual. O negro céu lunar tornava fácil imaginar uma noite de inverno coberta de neve em alguma cidade norte-americana.


O astronauta Edgar D. Mitchell (piloto do módulo lunar) é auxiliado, na saída do Módulo de Comando (CM), por um mergulhador da US-Navy. Fonte: NASA.

Fonte: Wikipédia


Tags: NASA, espaço, nave, Apollo, lua






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 20.10

  • Dia de Santa Iria
  • Dia do Anjo Rochel
  • Dia do Arquivista
  • Dia do Poeta
  • Dia Internacional do Chef de Cozinha
  • Dia Internacional do Controlador de Tráfego Aéreo
  • Dia Mundial e Nacional da Osteoporose