Últimas notícias

Hoje na história

RSS
Sábado, 25 de Fevereiro de 2007.

Das Leben der Anderen (A Vida dos Outros / The Lives of Others), vence o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro

Das Leben der Anderen (A Vida dos Outros / The Lives of Others)

Com Das Leben der Anderen (A Vida dos Outros / The Lives of Others), o roteirista e diretor alemão Florian Maria Georg Christian Graf Henckel von Donnersmarck” ganhou o “Oscar 2007 de Melhor Filme Estrangeiro” e outros 42 prêmios.

O 79th Academy Awards (em pt.: 79ª Entrega do Oscar) foi realizado no dia 25 de Fevereiro de 2007 no Teatro Kodak em Hollywood, Califórnia. A premiação foi apresentada por Ellen DeGeneres e produzida por Laura Ziskin.

O filme ganhou sete “Estatuetas Lola” do “Deutscher Filmpreis” (prêmio alemão de cinema), incluindo melhor filme, melhor diretor, melhor roteiro, melhor ator e melhor ator coadjuvante, além de ter estabelecido um novo recorde com 11 nomeações.

O filme foi lançado na Alemanha em 23 de março de 2006, nos Estados Unidos em 9 de fevereiro de 2007 e no Brasil em 30 de novembro de 2007.

Sinopse:

O filme narra a história de um agente da Stasi, a polícia política da República Democrática Alemã (Alemanha Oriental) chamado Gerd Wiesler (interpretado por Ulrich Mühe, falecido em 2007) que se envolve num serviço de escutas clandestinas do apartamento de um casal da cena cultural de Berlim Oriental, o escritor e dramaturgo Georg Dreyman (Sebastian Koch), considerado o modelo perfeito de cidadão para o país, já que não contesta o governo nem seu regime político, e a atriz Christa-Maria Sieland (Martina Gedeck).

Apesar disto o ministro Bruno Hempf (Thomas Thieme) acha por bem acompanhar seus passos, para descobrir se Dreyman tem algo a esconder. Ele passa esta tarefa para Anton Grubitz (Ulrich Tukur), que a princípio não vê nada de errado com Dreyman mas é alertado por Gerd Wiesler (Ulrich Mühe), seu subordinado, de que ele deveria ser vigiado. Grubitz passa a tarefa a Wiesler, que monta uma estrutura em que Dreyman e sua namorada, a atriz Christa-Maria Sieland (Martina Gedeck), são vigiados 24 horas por dia. Simultaneamente o ministro Hempf se interessa por Christa-Maria, passando a chantageá-la em troca de favores sexuais.

Sobre o filme

O filme foi lançado na Alemanha em 23 de março de 2006. Na mesma época, seu roteiro foi publicado pela editora Suhrkamp Verlag. Henckel von Donnersmarck e Ulrich Mühe foram processados por calúnia por uma entrevista na qual Mühe declarou que sua ex-esposa passou informações contra ele à Stasi nos seis anos em que foram casados. No material publicitário do filme, Henckel von Donnersmarck diz que a ex-esposa de Mühe negou as acusações, apesar de existirem 254 páginas de documentos oficiais da antiga Alemanha Oriental detalhando as espionagens dela. O filme teve êxito na Alemanha, apesar de uma relutância generalizada no país, principalmente nos filmes, de confrontar a natureza totalitária da antiga Alemanha Oriental.

Com A Vida dos Outros, Henckel von Donnersmarck tornou-se o terceiro cineasta alemão a receber o Oscar de melhor filme estrangeiro. Também foi indicado ao Globo de Ouro de melhor filme em língua estrangeira. O custo de produção de A Vida dos Outros foi de apenas dois milhões de dólares, mas seu lucro mundial foi de mais de 77 milhões. Antes de sua morte, Sydney Pollack estava considerando fazer um remake norte-americano do filme. Em 2009, a revista norte-americana National Review nomeou A Vida dos Outros o melhor filme dos últimos 25 anos.

 




Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 22.04

  • Descobrimento do Brasil
  • Dia da Força Aérea Brasileira
  • Dia da Comunidade luso-brasileira
  • Dia do Planeta Terra
  • Dia de São Sotero
  • Dia de Santos Mártires de Lião