Últimas notícias

Hoje na história

RSS
13 de fevereiro de 1984.

Konstantin Chernenko torna-se, Secretário Geral do Partido Comunista da União Soviética

Konstantin Chernenko

Konstantin Ustínovitch Chernenko (24 de Setembro de 1911 - 10 de Março de 1985) foi um político e ex-Secretário Geral do Partido Comunista da União Soviética.

Ele liderou a União Soviética a partir de 13 de fevereiro de 1984, até a sua morte só treze meses mais tarde, em 10 de março de 1985. Chernenko foi também presidente do Presidium do Soviete Supremo de 11 de abril de 1984, até sua morte.

Chernenko ingressou no Partido Comunista da União Soviética em 1931 e teve destaque dentro do partido atuando na propaganda do regime de Joseph Stalin na década de 30, principalmente na sustentação da política de eliminação dos kulaks.

Um Kulak (punho, literalmente punho-fechado) é um termo pejorativo usado no linguajar político soviético para se referir a camponeses relativamente ricos do Império Russo que possuíam grandes fazendas e faziam uso de trabalho assalariado em suas atividades. Estes camponeses são resultado da reforma de Stolypin introduzida em 1906 com o intuito de criar um grupo de fazendeiros prósperos que apoiariam o governo do Czar.

A atuação de Chernenko acabou o levando a direção do território de Krasnoyarsk.

Em 1941, Chernenko foi líder do comitê do Partido Comunista da União Soviética (PCUS) em Krasnoyarsk. Entre 1948 a 1956, liderou o departamento de propaganda do partido na República Socialista Soviética da Moldávia. Neste período, conheceu Leonid Brejnev e se tornaram grandes amigos. Em 1953, trabalhou no instituto pedagógico de Chi?in?u.

Com a morte de Stalin, Nikita Khrushchov conquistou o poder na União Soviética e Chernenko avançou importantes cargos dentro da estrutura hierárquica do partido comunista. Ele se tornou chefe de agitação e propaganda do comitê central do PCUS em 1956. Quatro anos depois, foi chefe dos empregados do Presidium. No ano de 1965, assumiu o departamento geral do comitê central.

Nos anos 70, Chernenko se tornou um importante membro do comitê central.

O crescimento político de Chernenko dentro da estrutura política do PCUS o levou a alcançar importantes cargos dentro da hierarquia militar da URSS, devido as forças do anti-Brejnev. Isto incluiu a KGB (polícia secreta soviética) e as forças armadas. Após a morte de Brejnev, em 1982, Chernenko perdeu a disputa de ser o secretário-geral da União Soviética para Yuri Andropov.

Problemas de saúde levaram Andropov à morte em 1984. Assim, Chernenko, com o apoio e sustentação de partidários de Brejnev, foi nomeado secretário-geral da URSS, presidente do Presidium e líder do conselho de defesa. Os principais feitos de Chernenko no poder foram a reforma educacional e a estruturação burocrática do estado. Na política diplomática, negociou um pacto comercial com a China. Após um ano no poder, despachando secretamente de um hospital, devido ao seu estado de saúde, Chernenko morreu em 10 de março de 1985 sendo sucedido por Andrei Gromiko.


Tags: URSS, União Soviética, comunista, Rússia, Stalin, Chernenko, Brejnev, Khrushchov, Kruschev, Andropov, Gromiko






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 16.10

  • Dia da Ciência e Tecnologia
  • Dia de Santa Edwiges
  • Dia do Anestesiologista
  • Dia do Anjo Damabiah
  • Dia Mundial da Alimentação
  • Dia Mundial do Pão